2.10.21

Crônica diária

 Crônicas fabulosas



Rainer Castello lá em Vitória, ES, nos chamando de "Professores" quando na verdade ele é quem é mestre da boa escrita, e de descobrir e ilustrar bons escritores com magníficas obras de artistas plásticos famosos. Roberto Klotz lá de Brasília comenta diariamente as postagens do Rainer. E desse diálogo repleto de cultura e saberes me divirto. Foi o caso do texto " Meu ideal seria escrever..." de 1977, do Rubem Braga, por todos nós considerado o príncipe da crônica brasileira, postado pelo Rainer, e ilustrado com uma obra do Dali, "Moça na Janela", 1925. Rubem dizia  no texto que gostaria de escrever uma história que fizesse a moça que estava doente, naquela casa cinzenta,  rir a não mais poder. Risse tanto que a cozinheira ligou para as amigas contando a história, e riram muito. Todas que ouviam a história pensavam: "mas que história engraçada". Um casal que estivesse em casa mal-humorado, riam ao lerem a história. Nas cadeias, hospitais, por onde a história fera contada o riso incontido das pessoas contaminava de alegria o ambiente. Que essa história corresse o mundo e fosse contada de mil maneiras e "atribuída a um persa, na Nigéria, a um australiano, em Dublin, a um japonês, em Chicago — mas que em todas as línguas ela guardasse a sua frescura, a sua pureza, o seu encanto surpreendente; e que no fundo de uma aldeia da China, um chinês muito pobre, muito sábio e muito velho dissesse: “Nunca ouvi uma história assim tão engraçada e tão boa em toda a minha vida; valeu a pena ter vivido até hoje para ouvi-la; essa história não pode ter sido inventada por nenhum homem, foi com certeza algum anjo tagarela que a contou aos ouvidos de um santo que dormia, e que ele pensou que já estivesse morto; sim, deve ser uma história do céu que se filtrou por acaso até nosso conhecimento; é divina”. E o Braga termina modestamente dizendo que inventara aquela história num minuto só para alegrar a moça doente e viúva da casa cinza. Aí vem o Klotz e comenta: "Essa crônica é uma fábula de tão genial. Rubem Braga sendo Rubem Braga."E eu rematei: "O Roberto tem razão, crônica "fabulosa" do genial Rubem Braga." Ele juntava fábulas, que não é a mesma coisa que fabulosas, com todo merecimento.

 

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )