17.5.21

Crônica diária

 Que mundo louco o nosso

 
Ontem aconteceu pela terceira vez, e apesar disso,  não posso debitar à senilidade. Levantei as quatro da manhã. Tomei banho, fiz barba, escovei os dentes, tomei café da manhã, mandei minha crônica do dia seguinte para o Luiz Villa, dei uma espiada nas postagens que o Google me bloqueou, respondi a alguns e-mails, publiquei a crônica diária, coloquei o laptop na pasta, os remédios  na mala, e as cinco e meia o Silvano, velho amigo e motorista, estava na porta do prédio. Vinte minutos estávamos no aeroporto de Congonhas. Absolutamente vazio, até para esse horário. Tentaram que eu fizesse meu check-in nas máquinas. Relutei mas a moça foi categórica: " Agora é lá para quem não vai despachar bagagem." Era o meu caso. Tentei em duas máquinas disponíveis, e elas não me atenderam. A moça voltou e me convidou ir fazer no balcão, como sempre fiz. Fila dos prioritários vazia. Fui atendido rapidamente. Meu CPF não funcionou, nem meu RG. Perguntado se eu tinha o localizador, disse "que de cabeça não". Mas tive que abrir a mala para olha-lo na agenda. O localizador não acusou nenhum voo as sete da manhã, só em Guarulhos. Mas como eram seis, não daria tempo de embarcar. O seu voo será amanhã no mesmo horário. Tentei ainda ligar para o Silvano, mas ele já estava há mais de vinte minutos do aeroporto e me aconselhou tomar outro táxi. Na volta para casa, frustrado mais uma vez, pois isso já me aconteceu pelo menos duas vezes antes, e quando eu nem tinha cinquenta anos. Chegar no aeroporto um dia antes da data marcada. E voo internacional, com todas as consequências de desembarcar no país de destino com o hotel reservado para o dia seguinte e etc... Na esquina da avenida Brasil com a Rua Venezuela, onde o semáforo obrigou o taxista a parar, há um ponto de ônibus, e ao lado um outdoor com os seguintes dizeres em branco contra fundo preto: " Eu com negro não vou. E o passageiro foi  impedido de usar o Uber". Que mundo louco o nosso.

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )