14.12.19

Ctrônica diária


Tudo pode ser um pretexto

Nada acontece por absoluto acaso. E tudo pode ser um bom pretexto. Rever, ou conhecer parentes muito próximos depende apenas de uma iniciativa. Sair da zona de conforto, para usar uma expressão da moda, dar dois ou três telefonemas, e desfrutar de encontros familiares indescritíveis. Depois de certa idade não é comum se fazer novas amizades. Parentes são amigos por natureza, ainda que desconhecidos. Trazem no DNA características comuns que surpreendem, encantam, revelam-se, e criam identidades e condições de um desfrute maravilhoso. Uma telinha a óleo pintada pela irmã mais velha da minha mãe, há mais de noventa anos, a cena de uma gata e seus três gatinhos no chão de um paiol, foi o motivo do encontro. Arnaldo com 90 anos, casado com a Maria Lucia Moraes, é o proprietário da tela pintada por sua mãe, tia Edith. Eu tenho memória  dessa pintura já no apartamento da vovó Nina, mãe da Edith, na Rua Piauí. Antes esteve na casa da Rua Treze de Maio, mas eu era muito pequeno para lembrar. Aos seis ou sete anos lembro dessa tela no corredor do hall de entrada do apartamento. Os pelos, o olhar, e  a posição dos gatinhos, me encantavam. Cinquenta anos depois, demonstrei para minha mãe o desejo de rever a tela. Ela andou falando com os sobrinhos, mas morreu antes de realizar meu desejo. O tempo passou, e por iniciativa completamente diversa, num encontro com os primos, e parentes, num jantar, demonstrei meu desejo para a Maria Lúcia que, imediatamente, nos convidou  para ver "Os gatinhos" na sua casa de campo, em Campos do Jordão. Mas antes disso acontecer, ela me liga dizendo que havia trazido a tela para ser restaurada em São Paulo. Daí não demorou uma semana, nosso encontro. Foi uma noite agradabilíssima. Uma emoção rever a telinha setenta anos depois. A pintura "Os gatinhos" não decepcionou. Pelo contrário, apesar do desgaste do tempo, confirmou minha admiração pela pintura da tia Edith. É tão boa que os próprios netos desconfiam da autoria da avó. Santo de casa não faz milagres. Foi um prazer dobrado rever a pintura e conhecer os filhos do Arnaldo e Maria Lúcia.

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )