25.7.18

Crônica diária

A morte do Getúlio

Ruy Castro tinha seis anos e estava  numa cidade mineira quando o pai levou-o pela mão numa esquina em que discutiam a morte do Getúlio. Era uma roda de homens, alguns de terno e chapéu. De repente cai de uma sacada sobre eles uma máquina de escrever, a palmo do menino. Soube-se depois tratar-se de um getulista embriagado. Essa é a memória do Ruy. Eu tinha nessa data onze anos, e um pai que havia feito a revolução de 32, e portanto ódio ao Getúlio. Dele não me lembro de nenhuma manifestação, a não ser de alívio. Mas do rádio vitrola, que ficava na sala, e onde fiquei durante horas deitado em frente aos auto falantes, ouvindo as notícias do suicídio, e a leitura da carta testamento, que era repetida à exaustão, tenho lembrança perfeita. Dez anos depois conheci pessoalmente o Governador Carlos Lacerda, personagem principal desses acontecimentos. Como eram dignos e corajosos os políticos de antigamente.

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )