19.7.18

Crônica diária

Vitrines 

Ontem comentei sobre os três ramos de lojas que gosto de visitar. Mas minha mulher lembrou-me das vitrines que mais me atraem. E ela tem razão. Dos três ramos citados as vitrines não me dizem nada. Mas adoro as vitrines das relojoarias.Nunca entro para comprar. Relógio, hoje em dia, é uma inutilidade completa. Concordo. Tem relógio nos celulares, no carro, e em toda parte, mas no meu pulso esquerdo habituei a usar um, e sem ele me sinto nu. Nada de marca desde que fui assaltado e levaram o meu querido Rolex. No ultimo assalto, em Setembro de 2012, sempre sob a mira de um 38, me levaram um Tissot com fundo do mostrador preto, que herdara do meu pai, e que parecia um Rolex. Disse na época que não usaria mais relógio. Não resisti. Tenho Swatch de plástico e de poucos dólares e um que ganhei do meu filho, já mais sofisticado.Tenho outros, Suíços finos como uma moeda, quadrados, retangulares, e algum até com cronômetro. Adoro relógios. Meu pai também gostava, e dele herdei um de bolso, retangular, que dava corda ao abrir e fechar uma capa metálica. Tem o tamanho e aparência de um isqueiro Zippo. Coisa que também todos tivemos um dia, e não se usa mais. Não se usa mais fumar, nem camisa com abotoadura. O que não quer dizer que não tenha quem não fume, use abotoadura e relógio no pulso. 

Um comentário:

João Menéres disse...

E é o meu caso, Eduardo.
Depois de alguns períodos (até longos sem fumar ), continuo a fumar.
Nos meses de estio, se uso frequentemente um pólo, não deixo de vestir uma camisa com botões.Não visto uma camisa florida, mas posso servir-me de uma camisa lisa com cor menos convencional.
E relógio de pulso não dispenso, se bem que o monitor do Mac me diga num relance as horas, os minutos e os segundos com enorme rigor.
Jeans quase não uso e nem pensar um dia enfiar uns esburacados e todos esfarrapados.
Na cabeça, nunca enfiei um chapéu ou um boné !

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )