16.3.18

Ctrônica diária

Cena de sexo na literatura

Foi José Nêumanne quem escreveu que o amigo de Jorge Amado e autor português do "Os cus de Judas", António Lobo Antunes, afirmava que não há possibilidade de se escrever uma cena de sexo que não seja vulgar. Nem as cenas do decantado escritor baiano deixaram de ser. Por essa razão Antunes justificava a completa abstinência de sexo em seus romances. Dizia que em toda sua vida só havia lido duas descrições bem-feitas de intercessor: uma, a de dois idosos em "O amor nos tempos de cólera", de Gabriel Garcia Marques. Outra, num best-seller de  Jackie Collins que nem valeria a pena citar.

2 comentários:

João Menéres disse...

Só posso dizer que li todos os livros da Jackie Collins e ela puxava muito !

Jorge Pinheiro disse...

Melhor em filme.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )