6.3.18

Crônica diária

Minhas opções de leitura


De cinco ou seis anos para cá tenho preferido livros com no máximo 200 páginas. E digo sem nenhum constrangimento intelectual. É por uma questão prática e objetiva. Eu só não havia me dado conta disso. Li muito livro com 500 a 1000 páginas. Não faço mais. Por que? Respondo com tranquilidade. Desde que passei a escrever, e postar diariamente, sou obrigado a ter temas e assuntos variados para não enfadar meus leitores. Quando mergulho em uma obra longa, como estou no momento, a tendência é falar repetidamente do que estou lendo. "O silêncio do delator" do José Nêumanne, já citado anteriormente, é um divertido romance. Todo, pelo menos até o momento, passado num velório, e pautado quase que exclusivamente por um disco dos Beatles: Sergeant Pepper´s lonely heart club band. O morto ouve e dialoga com as visitas. Passam a limpo as vidas de um grupo de amigos, quando relembram fatos e faixas do disco. Muitos outros músicos, músicas  e discos são relembrados. Uma geração marcada pela boa música. Pelo rock. E no Brasil, marcadas pela ditadura militar. O que vivemos hoje é consequência direta daqueles anos. E desta realidade tenho falado e escrito ultimamente. Mas tenho muita coisa nova para ler. É só terem um pouco mais de paciência.

Um comentário:

João Menéres disse...

Um defunto à conversa relaxada com os que pela ultima vez, dele se foram despedir.
Deve ser divertido.
E a ideia é muito boa !

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )