8.2.18

Crônica diária

Ainda bem

A razão pela qual há muitos insetos, e aranhas em um determinado lugar e nenhum dessa espécie em outro é conhecida da ciência, mas continua sendo estranho para mim. Por exemplo, quando passávamos férias com as crianças na Ilha Bela os borrachudos eram um drama. Tomávamos comprimidos de complexo B um mês antes a fim de nos proteger. Hoje dizem que isso é mito. Não protege nada. E passávamos muito repelente durante a estada, e mesmo assim éramos devorados por eles. Por que lá tem borrachudos, e aqui na minha praia em Santa Catarina, não? Ainda bem. Como não tem a mesma quantidade de besouros pretos, enormes, que desafiando a lei da gravidade voam. Apesar da falta de jeito, da aparência anti diluviana, do seu peso em relação ao tamanho das asas, e de seu formato pouco aerodinâmico, voam. Voam fazendo um ronco, batem nas cúpulas das luminárias e caem. A maioria das vezes de costas e ficam com as pernas em movimento tentando virar-se. Às vezes ficam imóveis, parecendo mortos, e depois voltam a espernear.  Quando conseguiam virar-se alçavam voo e tornavam a bater contra a luz. Essa é a lembrança que tenho quando éramos crianças na casa da fazenda no noroeste de São Paulo. De manhã, quando eram varridos, centena deles, e recolhidos com pá, e colocados no lixo tínhamos a impressão de que nunca mais veríamos outros. Bastava escurecer para a casa voltar a ficar infestada de besouros.  Aqui não tem. Ainda bem. Como não tem as monstruosas aranhas pretas e peludas, do tamanho da mão de um adulto, que chegavam a quebrar cabo de vassoura quando tentavam mata-las. Isso em Paragominas no interior do Pará. Elas eram lentas e impressionantes. Nunca mais vi nenhuma desse porte em nenhum outro lugar. Ainda bem.

Um comentário:

João Menéres disse...

Também nunca imaginei que um automóvel voasse e, no entanto, lá vai um a caminho de Marte...
Será já um D. Elvira quando os meus bisnetos forem passar um fim de semana a Marte.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )