22.1.18

Crônica diária

 Por via das dúvidas, esta poderia ter sido uma crônica póstuma  

Ontem falei de morte, e hoje passadas duas semanas do evento, posso contar para vocês que não morri. No mês de novembro, todos os anos, costumo fazer uma revisão médica, a começar pelo meu urologista e hoje amigo Dr. Marmo Lucon. Já detectou problemas (e quem não os tem?), e me operou várias vezes. Da próstata, com procedimentos iguais ao do presidente Temer, que foi operado há seis anos, e a minha cirurgia faz doze. E até então nunca mais tive nenhum problema com ela. Este ano o exame do PSA, que corresponde, em síntese,  ao de mama para as mulheres, acusou uma alteração. Dr. Marmo pediu para repetirmos o exame dali a alguns dias. Claro que fiquei preocupado. Mas resolvi deixar para fazer só em janeiro. Não queria ter mais uma notícia má no ano de 2017. Chega as que tivemos ao ler os jornais diariamente. Em janeiro refiz o exame de PSA e o resultado foi ainda pior. Muito pior. Mas como estávamos no início de um novo ano, novas esperanças, novo ânimo, marquei hora e fui ao médico levar o exame. O resultado muito pior, era a melhor notícia que eu poderia receber. Dr. Marmo explicou-me que câncer não provoca alterações tão grandes, em tão pouco tempo, logo, não seria câncer, mas, e sempre há um mas em medicina, pediu que eu fizesse uma biópsia da próstata. Diante das duas notícias, essa do pedido de biópsia, era a melhor delas. E marquei para dois dias depois. Agora eu tinha pressa. Os procedimentos são simples, mas com anestesia e no hospital. Duas horas ao todo. E lá fui eu, sem antes deixar esta crônica escrita e datada para ser postada hoje dia 22 de janeiro. Até essa data eu já tinha textos programados. Se eu não acordasse da anestesia, vocês só ficariam sabendo duas semanas depois. Detesto os rituais de praxe. Como detesto os clichês. Cumprimentos de pesar, missa de corpo presente ou de sétimo dia. Queria poupa-los de tudo isso. Mas acordei da anestesia, que me proporcionou um sono maravilhoso, e terão que me aguentar por mais um tempo.

3 comentários:

João Menéres disse...

Isto é uma verdadeira BOA NOTÍCIA !
Será um enorme prazer "AGUENTAR" as suas crónicas e saber que está bem vivo desse lado do Atlântico, Eduardo !

Jorge Pinheiro disse...

Ficamos á espera do resultado. Vi ver que não é nada.

Gaspar de Jesus disse...

Força Eduardo.
Fico feliz por saber que as notícias são encorajadoras.
Vamos ter Homem por muitos mais anos! É que você faz-nos falta amigo, muita falta.
Formulo votos de que as boas-novas continuem.
Grande abraço deste lado do oceano.
Gaspar de Jesus

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )