6.8.17

Crônica diária

Aspidistra

Como prometi ontem, hoje falo sobre aspidistra. Falo dela sem nenhum conhecimento de causa. Ninguém é obrigado a conhecer, e saber de tudo. Sobre isso, e não tendo nada a ver com aspidistra, o velho Ovídio Miranda Brito, com quem trabalhei, dizia que ter cara de bobo é uma grande vantagem na vida. Para os caras de sabido ninguém ensina nada. E eu confesso nunca tinha lido ou ouvido essa palavra "aspidistra". Nem no singular, nem no plural. Mas encontrei dezena de vezes citadas no livro de George Orwell, cujo nome verdadeiro era Eric Arthur Blair, jornalista e escritor inglês do famoso 1984, e da " Revolução dos Bichos". Aspidistra  esta no desenho da capa, e no nome do livro: "Flor da Inglaterra" que estou lendo. Falar sobre a qualidade literária de Orwell é chover no molhado (eita chavão). Mas abusar da minha ignorância, repetindo aspidistra, a torto e direito (outro clichê), não é justo. Pelo sentido como a palavra começou s ser empregada deduzi tratar-se de uma planta. Como Orwell é um feroz crítico dos costumes dos ingleses, também deduzi que era abusivamente usada nas residências da classe média média. Todos tinham um vaso em casa, e com aspidistra. Ele elegeu a planta muito comum nesses lares ingleses como símbolo da "descencia" estéril e vazia da classe média baixa que tanto o horroriza.  Fui ao Google, que de certa forma o próprio Orwell previu, e lá estavam elas, as aspidistras, "a planta mais popular do mundo". E fiquei sabendo que ela pode ser cultivada também em jardim, mas devido a sua variação de cor e resistência à temperaturas altas e baixas, é uma das mais usadas para se manter dentro de casa. E foi isso que o Orwell não deixou  pairar dúvida em sua crítica. Aspidistra  é uma folhagem que pertence à família das Ruscaceae.  Planta perene com origem nas regiões da Ásia e da China, e tem  pequeno porte, podendo medir de 40 a 90 centímetros, portanto você consegue cultiva-la em vaso e como uma planta ornamental. Graças ao velho e bom George Orwell hoje vocês e eu sabemos o que é  aspidistra. Provavelmente se você ainda não teve, um dia vai ter uma, ou o que é mais provável, já cansou de ter aspidistra e não sabia o nome. E não se ofenda com a definição de pertencer à classe média baixa, porque isso era na Inglaterra, entre os anos 30 ou 40 do século passado.

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )