5.6.17

Crônica diária

Crimes de lesa-pátria

A operação Lava Jato anda lavando pelas beiradas. Como se comia mingau. Ela vai acabar chegando ao cerne. Com a prisão do "homem da mala", Rodrigo Rocha Loures, que jura não vai delatar o Temer, a República de Curitiba continua sua árdua e profícua tarefa de higienizar o mundo político. Político e empresarial corruptos. Sem distinção. Gente de todos os partidos. Empresas de todos os setores. Só esta faltando o homem do triplex. O mesmo do Sítio de Atibaia. Aquele que na cara do juiz Sergio Moro afirmou não exercer nenhuma influência no PT. E chegamos, no caso desse delinquente, a um impasse curioso. Todo mundo sabe que ele é o chefe da quadrilha. Grande parte esta na cadeia. Outros já cumpriram suas penas em regime fechado e estão soltos. Ele ainda não foi, e continua negando o óbvio. E diz não saber por que querem prende-lo. Diante desse impasse,  os procuradores deveriam solicitar à Justiça,  a venda do sítio e do triplex, por falta de um dono, e os valores arrecadados, incorporar ao patrimônio público. Isso, no entanto não o livra da cadeia, pelos crimes cometidos. E não há, na justiça brasileira, pena suficiente para tamanhos prejuízos à Nação. No caso dele os crimes são de lesa-pátria. 

Um comentário:

João Menéres disse...

A operação LAVA JATO já conheceu melhores dias, creio.
Ainda oiço as vozes do Lula e da Dilma...

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )