6.5.17

CASA DA FAMÍLIA BRAGA

Na Capital Secreta
A casa está inteiramente restaurada e adaptada para funcionar como espaço de convivência e visitação dedicado à Cachoeiro da 1ª metade do século passado

Na semana passada, aconteceu um fato relevante na Secretaria Estadual de Cultura. Firmou-se um termo de comodato com a Prefeitura de Cachoeiro para cessão de bens que foram da residência da família Braga por mais de cinco décadas. Aquela simpática casa em estilo de chalé, que depois abrigou uma animada biblioteca pública por muitos anos, era uma referência básica para mamãe. No fim da vida, ela costumava dizer que queria mesmo era voltar pra lá. Imagino que ficaria feliz ao saber que a mobília original da sala de jantar e do quarto de vovó Neném, trazida para Vitória, voltará ao seu lugar de origem, junto com objetos, pinturas, cartas e fotos de época, que guardou cuidadosamente.
A casa está inteiramente restaurada e adaptada para funcionar como espaço de convivência e visitação dedicado à Cachoeiro da primeira metade do século passado, quando a cidade fervilhava e ficou famosa. Muita coisa expressiva aconteceu por lá na educação, na cultura, na saúde pública, na infraestrutura urbana, na indústria e na política. A família do meu avô Chico Braga era uma das que movimentavam a vida da cidade. Ele foi primeiro prefeito, tabelião e um dos fundadores do Centro Operário e de Proteção Mútua. Dos tios, sei que Armando tinha um banco; Jerônymo um jornal; Newton, poeta de primeira, tinha agência de propaganda e programa de rádio; Carmosina foi a primeira mulher motorista; e Rubem, que saiu cedo de lá, escreveu milhares de crônicas.
Também deve ser celebrado o que andaram fazendo as famílias Moreira, Gonçalves, Monteiro, Gomes, Baptista, Vivacqua, Rocha, Imperial, Freitas, Coelho, Lima, Casotti, Penedo, Marcondes, Secchin, Machado, Andrade, Silvan, Medeiros, Borelli, Mesquita, Silva, Mendes, Baião, Bermudes, Vianna, Mello, Valadão, Madureira, Vieira, Resende, Garambone, Athayde, Sampaio, Amorim, Franklin, Abreu, Leão, Moisés, Herkenhoff e muitas mais. Que a Casa dos Braga divulgue fatos e pessoas que ajudaram a transformar Cachoeiro em Capital Secreta quando Vitória, dizem, ainda era província...

Enviada por  Beatriz Braga Abreu Lima

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )