8.4.17

Crônica diária

Harlan Coben, "A toda prova"

Foi uma leitora que fez a pergunta: você já leu Harlan Coben? Eu falava na crônica, que ela comentou, sobre Haruki Murakami. Eu conhecia de nome e pela quantidade de livros que vende Coben, mas nunca tinha lido nada dele. E aqui cabe uma explicação. Eu adoro o romance policial. Haruki não faz isso. É um escritor popular, mas faz literatura. E a considero ótima. Coben faz romances de mistério. É outra coisa. No policial pode haver mistério e suspense. No de mistério nem sempre há policia. E o Harlan, como escritor norte americano muito premiado, é considerado um escritor policial. Não no " A toda prova". Mas nele, como em todas as outras duas dezenas de livros, faz "mistério", um atrás do outro, durante o livro todo. Começa com um, e vai juntado a esse, outros mistérios, a cada capitulo, para desvenda-los no final. Com isso prende, irreversivelmente, o leitor a cada capitulo. Mas a forma de escrever esta longe de ser a de um  Haruki. É só um fazedor de best sellers, se é que me explico.

Um comentário:

valter ferraz disse...

Caro amigo, fugindo ao tema da postagem (mas nem tanto) gostaria de te indicar a leitura da escritora Eliana Cardoso. É uma amiga dos meus tempos de feicibuqui. Economista renomada que enveredou pelos caminhos da literatura. Escreve no jornal Valor Econômico às sextas-feiras e tem ótimas indicações de livros.
Abração.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )