22.4.17

Crônica diária

"O papel de parede amarelo"

Essa pequena obra prima da escritora Charlotte Perkins Gilman (1860 *1935) é considerada uma das precursoras do feminismo nos EUA, "O  papel de parede amarelo", um clássico da literatura feminista, magnífico exemplo de uma obra concisa, e objetiva. Frases e parágrafos curtos. Não por acaso mencionei-a quando comentava a literatura do Raduan Nassar. Num formato ainda menor do que o pequeno livro de contos do Nassar. "O papel de parede amarelo" tem apenas 59 páginas. Apresentação de Marcia Tiburi e posfácio de Elaine R. Hedges. 

Um comentário:

JOSÉ LUIZ FERNANDES disse...

Frases, parágrafos e textos curtos podem ser essenciais no jornalismo,mas nem tanto na literatura. A literatura é mar imenso, em que há navegações de cabotagem e navegações de longo curso.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )