27.3.17

Crônica diária

As máquinas são burras

 Minha irmã Estela liga para papearmos.
--Tudo bem?
--Tudo, e vocês?
--Eu acabo de tentar falar no banco mas o telefone não atende. Devem ter mudado a linha. Ligo para o 0800 para solicitar o Informe de Rendimentos para o Imposto de Renda, e quem atende é uma voz eletrônica. Depois das apresentações de praxe, noto que nenhuma das opções que me oferecem diz respeito ao Informe do IR. Teclo em outros, e da mesma forma nenhuma opção contempla esse formulário. Tento falar com um dos atendentes, e a gravação retorna ao ponto inicial. Fiz essas tentativas três vezes. Nada. Amanhã vou na agência e resolvo. Mas o aparelho da Sky da minha TV passou a dizer que não reconhece o cartão. Fiz quatro vezes tudo que a tela da TV mandou. Desliguei o aparelho da tomada e todas as outras instruções. Nada. Liguei para SAC e quem atende é outra voz eletrônica que apresenta várias opções. Depois de escolher uma delas, tive que aguardar um bom tempo ouvindo musiquinha de espera. Pedindo desculpas pela demora atende uma voz real. Depois das informações de usuário, CPF, endereço, etc, me passam um número enorme de dez dígitos como protocolo. Anoto e passamos a fazer todas as operações que já havia feito. Ela certamente não acredita nos clientes, e me fez repetir tudo novamente. Pede um minuto. Volta pedindo desculpas e informa que não conseguiu resolver o problema e que vai mandar um técnico. Amanhã das 13 às 18 um técnico vai à sua casa. Esperei pelo técnico, e apareceram vendedores de frutas e ovos, um cobrador dos produtos de limpeza, um encanador que foi chamado pelo vizinho, e nada do técnico da Sky. No dia seguinte, depois de algumas tentativas, dava sempre ocupado, consegui falar primeiro com a voz mecânica, depois com a atendente, passei o longo número do protocolo, fui chamado de senhor Eduardo Penteado, e reclamei com veemência. A coitada da moça ouviu e pediu um momento. Voltou se desculpando pela demora, e disse estar fazendo uns procedimentos no sistema, e que resolveria o problema por lá. Como de fato resolveu. No dia seguinte um sinal no meu celular indica mensagem. Abro e é da Sky dizendo que dia 17 recebi a visita do técnico e que deveria avaliar minha satisfação de 1 a 10. Escrevi que não recebi visita do técnico. Resposta insatisfatória. Digite de 1 a 10 o grau de sua satisfação. Repeti: 0. Resposta insatisfatória, digite de 1 a 10 o grau de sua satisfação. Voltei a escrever: ZERO. E ela, a máquina, voltou instantaneamente a responder: Resposta insatisfatória, digite.... Vá a merda, pensei, não escrevi e desliguei. Sabe Estela, nosso pai é que tinha razão, computadores nunca vão tomar nossos lugares porque são máquinas burras.
--Eduardo, nosso pai nunca disse isso.
--Mas poderia ter dito, dentro de sua sensatez.
--Você de tanto escrever ficção, esta confundindo a realidade.
--Estela, a única vantagem dessas vozes mecânicas e burras, é que mesmo quando eu erro, elas docemente, com sotaque português de Portugal, me dizem: recalculando, no GPS.
--Um beijo, meu irmão, você esta pirando.
E desligou.

4 comentários:

Li Ferreira Nhan disse...

Delícia essa crônica. Sempre me vejo nesse embate com as máquinas.
Mas penso que reflete o rápido passar do tempo e como ficar velha é complicado.

Jorge Pinheiro disse...

É isso. Estamos a ficar analfabéticos. Os bancos, os impostos, tudo pelo PC!

Jorge Pinheiro disse...

Excelente crónica.

João Menéres disse...

Estamos todos pirando com essas vozes robotizadas, Eduardo !

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )