7.3.17

Crônica diária

Contra ignorância nem corretor de texto dá conta

É preciso atenção. Mas de vezenquando nem isso é suficiente. A língua portuguesa tem dessas armadilhas. A troca de um "e" por um "i" pode fazer toda diferença. E não há corretor de texto que de conta. Por exemplo: descriminar não quer dizer segregar, separar,  distinguir,  diferenciar, e marginalizar, mas isentar de um crime, absolver, inocentar.  E discriminar, essa sim é a palavra correta para separar, segregar, distinguir. Como percebem a diferença, embora sutil, é enorme no significado. É correto dizer: "não vou discriminar, e cometer um crime. Me descriminalizem, sou inocente."

2 comentários:

Jorge Pinheiro disse...

São palavras parônimas, embora se use mais descriminalizar.

João Menéres disse...

Por cá, há muitos descriminalizados !

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )