11.3.17

Crônica diária

Volto ao livro capa dura

Como prometi, volto a falar do Haruki Murakami. Ou a usa-lo para desenvolver uma tese. Acredito que algumas vezes a ignorância é criativa. Muita coisa foi inventada ou criada graças à ignorância. O outro lado da moeda é o vasto conhecimento, a cultura profunda, que acredito seja embotadora de criatividade, e de ação. Conheço muita gente que por pudor, receio, e auto crítica, deixam de fazer ou criar coisas. Não aproveitam o seu conhecimento e saber para coisa nenhuma. Murakami aos vinte anos, já casado e trabalhando no seu bar, não conhecia a literatura japonesa. Mesmo assim resolveu escrever. Por ignorância de como eram os romances japoneses, escreveu em inglês. Como seu vocabulário, e domínio da língua eram escassos, usou frases curtas, sem rodeios. Depois traduziu para o japonês. Estava criando aí seu estilo. Estilo pessoal e que o tornou um dos maiores romancistas do Japão e traduzido para o mundo todo. 

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )