8.1.17

Crônica diária

"Coincidência significativa"

Alguns dias atrás escrevi sobre uma significativa coincidência de estar lendo a várias semanas um livro de quase 600 páginas e lá pelas tantas, lia uma carta de Rubem Braga para o Vinícius de Moraes falando do Ferreira Gullar, no exato momento que a TV noticiava a morte e velório do próprio. Minha querida amiga Leila Ferraz comentou meu texto: "Sincronicidade, já dizia Jung. Você está em sintonia." Resolvi saber mais sobre essa "coisa" de que fui "acusado". Sincronicidade é um conceito desenvolvido por Carl Gustav Jung para definir acontecimentos que se relacionam não por relação causal e sim por relação de significado. Desta forma, é necessário que consideremos os eventos sincronísticos não relacionados com o princípio da causalidade, mas por terem um significado igual ou semelhante. A sincronicidade é também referida por Jung de "coincidência significativa". Que é exatamente o que me aconteceu. O termo foi utilizado pela primeira vez em publicações científicas em 1929, porém Jung demorou ainda mais 21 anos para concluir a obra "Sincronicidade: um princípio de conexões acausais", onde o expõe e propõe o início da discussão sobre o assunto. Uma de suas últimas obras foi, segundo o próprio, a de elaboração mais demorada devido à complexidade do tema e da impossibilidade de reprodução dos eventos em ambiente controlado. Em termos simples, sincronicidade é a experiência de ocorrerem dois (ou mais) eventos que coincidem de uma maneira que seja significativa para a pessoa (ou pessoas) que vivenciaram essa "coincidência significativa", onde esse significado sugere um padrão subjacente, uma sincronia. Realmente foi um caso de sincronia, não de coincidência simples, mas significativa.

4 comentários:

João Menéres disse...

SINCRONIA, um vocábulo a reter.

Jorge Pinheiro disse...

Jung era um filósofo complexo.

João Menéres disse...

Mas, na verdade, o vocábulo não é nenhum neologismo...
Por exemplo, há uma modalidade desportiva que é NATAÇÃO SINCRONIZADA
.

João Menéres disse...

Reparando nas horas a que fiz os dois anteriores comentários, constato que estou ao serviço há 17 horas !

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )