30.1.17

Crônica diária

O complexo do cronista

Estadão, 15 de Janeiro de 2017. "Um cronista ! Um cronista !" Esse é o título que Luis Fernando Veríssimo deu à sua crônica. Conta ele que o Antônio Prata escreveu sobre a aeromoça que pergunta se havia um médico entre os passageiros. O médico, sempre há, apresentou-se e resolveu o pequeno mal estar de um passageiro. Aí o Prata fica divaga sobre o dia em que um escritor será chamado para acalmar uma passageira aflita. Conta-lhe duas histórias, e acalma a senhora. O Veríssimo termina a crônica lamentado que um cronista jamais seja lembrado para coisa alguma. Não temos remédios para os males do mundo. Não salvamos vidas. E quando chamamos atenção é certamente por comiseração pela nossa insignificância.

2 comentários:

Jorge Pinheiro disse...

Mas o médico não fica célebre e o cronista pode.

João Menéres disse...

Fernão Lopes, por exemplo...

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )