3.10.16

Crônica diária

Escrita criativa

Sob o título "A palavra menor" José Eduardo Agualusa publicou no O Globo (12/9/2016) e o amigo José Luiz Fernandes enviou-me um texto esplêndido sobre "Escrita criativa". Absolutamente contemporâneo apesar de calcado em lições de Eça de Queirós a 150 anos atrás, Flaubert,  Gonçalo M. Tavares e Jean Coctau, O que diziam esses autores? Em síntese que a simplicidade e clareza são as coisas mais importantes."Flaubert catava de seus livros todos os termos que não pudessem ser usados na conversa com seu criado". Quanto mais banais e usuais forem os termos empregados na construção de uma obra de arte, esforçando para que fique o mais distante possível de literatura, mais ela durará. Gonçalo dizia que entre duas palavras escolhia sempre a menor. Para se produzir literatura é preciso esquece-la e simplesmente escrever. Desconfie de textos difíceis e de discursos empolados. Eça continua afirmando que "um romance que não possa ser lido sem um dicionário ao lado é uma obra grotesca". E finalmente Coctau lembrava que: “Convém tratar com simplicidade as ideias complicadas e com sutileza as que parecem simples.”Me esforço em seguir esses conselhos, e a cada revisão ou releitura de meus textos consigo encher um cesto de lixo de palavras desnecessárias, e frases longas e complicadas. O conceito de que " menos é mais", também serve para a escrita. Quanto a ser criativa depende do autor. 

3 comentários:

João Menéres disse...

Como Aquilino Ribeiro precisa de um dicionário para ser compreendido...

Jorge Pinheiro disse...

Eu sou um adepto das múltiplas revisões. Atenção também à problemática das frases longas e da utilização abusiva de vírgulas.

Silvares disse...

Também sou adepto de uma arte para o povo mas convém que o povo não seja preguiçoso. Se o povo preguiçar não irá além da novela e do joguinho de futebol, quando muito poderá ouvir o padre na missa. Com ouvidos de mercador. A ambição do artista é comunicar, digo eu, arte hermética e incompreensível é, na maioria dos casos, mera vaidade do artista. Abraços. :)

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )