20.10.16

Comentários que valem um post

 

valter ferraz

Caro amigo,
Brinquei com o carteiro hoje ao encontrá-lo numa rua próxima: "Delton (esse o nome da figura) deixou um cheque bem gordo lá no meu portão? E ele: Sr. Valter, cheque não tinha, mas deixei um pacote lá que deve ter muito dinheiro". Brincamos e me despedi, precisava chegar ao banco logo, antes que encerrasse o expediente e tivesse que pagar mais juros dos que o que já pago.
Ao retornar lá estava enroscado no portão (é, a grana ainda não deu para comprar uma caixa de correspondências) um envelope pardo a mim endereçado. Logo vi que era presente de algum amigo. Minha grana está rarefeita e foi-se o tempo em que eu podia adquirir livros.
Deixando de papo furado, é claro que o presente que recebi era o seu livro. Abri e encantado vi a figura feminina, deliciosamente num gesto entre sensual e cuidadoso, verificava a silhueta. Uma linda figura de mulher, num momento de rara intimidade. Coisa de artista, é claro.
Folheei rapidamente e vi no índice onosmático (que nas indicações técnicas diz que foram trabalho da Paulinha, figura o meu nome às páginas 166,167 e 294. E estou em ilustres companhias.
Comovido com a delicadeza de ainda uma vez ser por você presenteado, li alguns textos e suas impressões. Você continua ótimo no que faz.
Agradeço de coração á lembrança do amigo.
Como disse na minha crônica de despedida no FB:
"Vocês são ótimos!"
Grande abraço
***********************************************
 José Luiz Da Cunha Fernandes

ADIOS NONINO
1959 foi um ano cheio de curiosidades. Che Guevara assumiu a presidência do banco central de Cuba. Chico Buarque estudava no Colégio de Cataguases.(nossa 4a. série ginasial). A música perdeu, naquele ano, Billie Holliday, Dolores Duran, Villa-Lobos. E morreu também o pai de Astor Piazzolla, a quem o compositor argentino chamava de Nonino (avozinho). Poucos dias depois de perder o pai, Piazzolla compôs em Nova York essa maravilha: "Adiós Nonino".

*************************************************




Um comentário:

valter ferraz disse...

Caro Eduardo,
mais uma vez fico feliz em ver meu e.mail aqui reproduzido em forma de post. Guardo muito boas recordações dos blogs, quando eu era o primeiro a "abrir o seu botequim" como carinhosamente eu gostava de chamar o Varal de Ideias.
Grato pelo presente, já estou para mais da metade na leitura e dessa vez não haverá resenha, uma vez que deixei o FB para pessoas mais bem preparadas e dispostas.
Fique com a minha gratidão sempre renovada por todo o apoio que recebi de você e com o agradecimento pela gentileza do presente.
Forte abraço do amigo
Valter Ferraz.

Ps: não gosto de tango, mas gosto de Adiós, nonino.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )