13.10.16

Comentários que valem um post

Ela viveu 95 anos. Filha do Barão de Teffé nasceu em Petrópolis em 1886 e faleceu no Rio em 1981.
Nair de Tefé. Uma das mais marcantes mulheres brasileiras do século XX.
Considerada a primeira mulher caricaturista do Mundo. Naquela época a caricatura era of´picio masculino. Apenas homens faziam caricatura.
Até que surge Nair de Tefé, com o pseudônimo Rian (Nair de trás pra frente).
O Marechal Hermes da Fonseca , irmão do proclamador da República e um dos únicos oficiais de comando que ficaram ao lado do Imperador, até saber que era seu irmão quem conspirava contra o trono.  Foi President5e do Brasil de 1910 a 1914.
Mas ficou viuvo de Orsina da Fonseca aos 57 anos (1912) e em menos de seis meses casou-se com Nair de Tefé, 31 anos mais moça que ele, na data de hoje, dia 8 de dezembro, em 1913.
Nair manteve seu "modernismo" mesmo sendo a Primeira-Dama de uma república careta. Mas deixou a caricatura naquele momento.
Sua amizade com o compositor Catulo da Paixão Cearense ("Não há ó gente! ó não! luar como esse do sertão...") levou Nair a promover saraus poéticos e musicais no Palácio Presidencial (Catete - Rio de Janeiro). Num desses foi tocado o maxixe "Corta Jaca" de Chiquinha Gonzaga, outra mulher avançada para a sua época.
O maxixe quando lançado foi considerado dança de marginais, um ritmo imoral e vulgar. Tocá-lo no Catete foi um escândalo. O conservador Ruy Barbosa fez um escarcéu sobre bons costumes e moralidade usando isto contra o Governo do Marechal. Seria, talvez, como se hoje  a Presidenta Dilma desse um baile funk no Alvorada. Imaginem o que diria a Oposição?
Pois foi o que fez Nair de Tefé, que  após a morte do Marechal mudou-se para Copacabana, onde em 1932 criou o cinema Rian.
A vida longa trouxe-lhe dificuldades financeiras para manter o fausto  e a ousadia de outrora. Somente em 1970 (aos 84 anos) conseguiu a pensão completa a que tinha direito como esposa de militar.
Aí mudou-se para Icaraí - Niterói onde viveu até a sua morte em 1981.


 José Luiz Fernandes deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

Não esquecer Nair de Tefé.

Postado por José Luiz Fernandes no blog . em terça-feira, 11 de outubro de 2016 18:22:00 BRT 

************************************************** 


"...Espero não ter de deixar de publicar meus livrinhos pelo mesmo motivo."

Jorge Pinheiro disse...

Ora aí está uma boa ideia!

quarta-feira, 12 de outubro de 2016 07:47:00 BRT
***********************************************
Excluir

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )