23.8.16

Crônica diária

Seleção brasileira de cronistas

Ganhei de presente do meu filho a seleção dos 100 melhores crônicas brasileiras elencadas por Joaquim Ferreira dos Santos. 62 escalados. Cronistas escolhidos de 1850, quando inventaram a crônica, como a entendemos hoje, a 1920. Há quem diga  que a carta de Pero Vaz de Caminha tenha inaugurado o gênero. Depois da bênção dos modernistas de bermudas de 1920 a 1950, década de ouro de uma geração de craques. De 1960 à década de 2000, uma turma extraordinária de cronistas. Definições saborosas do que é uma crônica. Gustavo Corção, sobre a crônica brasileira: " uma maneira leve de tratar as coisas graves, e uma maneira grave de tratar as coisas leves". Ou como recomenda Machado de Assis: " Há um meio certo de começar a crônica por uma trivialidade. É dizer: Que calor! Que desenfreado calor!". Joaquim Ferreira dos Santos faz uma deliciosa introdução falando da origem e forma pelas quais passou a crônica que já foi considerada literatura menor, por pensarem que ela não permaneceria. A presente seleção prova o contrário. Ela não só sobreviveu aos tempos como hoje ocupa meia página dos maiores jornais diários. Ela passou por fases entre relato dos acontecimentos da semana (folhetins), a um casamento entre jornalismo e literatura, chegando aos moldes atuais. Mas chegou a ser chamada de "cães vadios, livres farejadores do cotidiano" segundo Antonio Cândido. O mais célebre dos cronistas, no dizer de Manuel Bandeira, Rubem Braga era sempre bom, mas " quando não tem assunto então é ótimo". Bermuda também foi uma de suas alcunhas. Finalmente a crônica é composta de humor, observação, cotidiano, poesia e literatura, não importando sobre o que ela trata, e sim como ela trata. Só não pode ser chata. A seleção vai de Machado e João do Rio a Antonio Prata, numa diversão garantida.

Um comentário:

João Menéres disse...

Na 2ª parte da selecção dos melhores cronistas ( de 1921 a 2021 ), há um nome incontornável dos Melhores Cronistas : o de EDUARDO P. LUNARDELLI.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )