3.6.16

Crônica diária

O hábito de contar

Não sei como era no passado longínquo. Lembro-me de ter lido que os índios sabiam contar até uma dezena, ou coisa assim. Quem souber que nos corrija. Hoje em dia os programas de computador contam as letras e nos informam em tempo real. Ou somam depois do texto pronto. As canetas Bic escrevem por quilômetros,  e numa linha reta por 3240 metros. E são descartáveis. Os isqueiros da mesma marca, modelo Maxi, podem ser usados três mil vezes, o que corresponde à 75 caixas de fósforos com quarenta unidades. Tudo é previamente contado, medido e previsto. Como nunca contei o número de passos e distância de todas as caminhadas da minha vida, não posso comparar com o número de canetas Bic que usei. Isso sem levar em conta os anos que usava as canetas à tinta. Mas uma coisa é certa, somos muito rodados. 

Um comentário:

João Menéres disse...

Se a Terra é redonda, claro que até os índios sempre foram muito rodados, mesmo sem saber.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )