28.6.16

Crônica diária

Exemplar para análise

Em tempo de crise, catar papel, juntar latas e vender o "proibido" é lícito. Acabo de comprar o livro "O Húngaro que partiu sem avisar" do Marcelo Antinori  num sebo. Até aí nada demais. Acontece que ao receber percebi na página de rosto, onde costumo colocar o carimbo do meu ex-libris em vermelho, outro carimbo: " EXEMPLAR PARA ANÁLISE -VENDA PROIBIDA". A editora Lazuli, provavelmente, enviou para uma livraria, um jornal, ou crítico literário o exemplar, com esse carimbo, em 2014, quando foi impresso. No mesmo ano o dono do sebo data e coloca seu preço de venda, a lápis, no canto e alto da página. Isso prova que o endereçado pela editora se desfez rapidamente da obra. Mesmo que o sebo tenha recebido como doação, pouco provável, não poderia vender o livro com esse carimbo proibindo. Mas estamos no Brasil, em crise, e vale "quase" tudo.

PS- Sebo do Marcão,  Barueri

3 comentários:

João Menéres disse...

O pormenor torna o exemplar uma valiosa raridade bibliográfica !

Jorge Pinheiro disse...

Assim tem mais valor.

Li Ferreira Nhan disse...

Certa vez comprei num sebo um exemplar carimbado com "proibida a venda" pertencente a uma biblioteca pública.
Se era valioso nem sei; já foi doado.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )