14.6.16

Crônica diária


Nefasta e grave experiência de esquerda
 
É bem provável que o Brasil não tenha passado em sua história por momentos tão confusos como os atuais. Dois presidentes eleitos, uma afastada por admissibilidade de impeachment, seu vice no exercício provisório no poder. Provisório que nem ela, e ninguém, imaginam possa  reverter. Em menos de dez dias o país é governado por outras figuras. Majoritariamente brancos, homens, e com grande experiência política e administrativa. Foi o suficiente para gerar críticas das esquerdas comprometidas com o passado e o atraso, e jornalistas mal informados ou preconceituosos. No exterior, apesar das difamações alardeadas pela presidente deposta provisoriamente, o mundo dos negócios respirou aliviado com o fim do PT e assemelhados. O desastre econômico, e social deixado pelos treze anos de equívocos petista demandarão um bom número de anos para serem corrigidos e sanados. A crise atual não tem parâmetros na história brasileira. Mas os descalabros não ficam por conta só do impeachment. O presidente da Câmara dos Deputados, primeiro na linha sucessória, por determinação do STF encontra-se em casa, afastado até segunda ordem das suas funções. Será caçado seu mandato? Ninguém pode apostar. Será preso pela Operação Lava Jato, é bem provável. Mas a Câmara continua, nesse ínterim, acéfala por conta de que o vice presidente é um veterinário do baixíssimo clero, do Estado do Maranhão, e que tem cometido atos estapafúrdios todos os dias. Por sua vez, no Senado, o Presidente Renan, acompanhado do Senador e ex líder e ministro dos últimos três governos  Romero Jucá,  são denunciados pelo procurador da justiça Janot. Os ex presidentes Fernando Collor e José Sarney também foram arrolados pelo Janot.  A operação Lava Jato veio para dar, com a coragem de jovens procuradores do Paraná, e do valente e competente juiz de primeira instância, Sergio Moro, um banho de moralidade na política, julgando e prendendo quem esta a seu alcance. E não ficou só nos políticos, muito pelo contrário, começou pelos empresários e homens mais ricos do país. Os chamados colarinho branco, estão na cadeia e confessando seus crimes, e delatando os envolvidos na corrupção endêmica brasileira. Só, e para completar os absurdos, o chefe absoluto disso tudo esta solto e ainda não foi denunciado. Não sobrou um partido político a salvo das denuncias e processos. Só resta uma nova constituinte, para reinaugurar uma nova república, com novos partidos, novos políticos, reforma eleitoral, para dar continuidade a hercula tarefa de reconstruir o que sobrou do Brasil, dessa nefasta e grave experiência populista de esquerda.

Um comentário:

João Menéres disse...

Lava Jato. Lava Brasil !
Haverá detergente suficiente ?

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )