5.5.16

Crônica diária

Vou continuar falando do Amazonas

Depois de cinco dias, menos do que uma semana, fora do mundo dito civilizado, numa viagem pelo rio Negro, me nego falar (escrever) sobre política. No rio Negro não tivemos acesso à internet, TV, ou sinal de celular. O isolamento é como, ou pior, do que se estivéssemos na lua. Na volta encontramos o processo do impeachment em pleno desenvolvimento e a presidente Dilma conclamando o povo a acreditar em golpe. Me recuso entrar nessas águas. Águas sujas de lama do PT. Prefiro continuar falando das águas ácidas e escuras do rio Negro onde se pode banhar ao lado de botos cor-de-rosa. E nos banhamos ao lado, e de mãos dadas com escritores e intelectuais de esquerda. Vermelhos. Eramos 120 passageiros num hotel flutuante. Não se falou um minuto sobre política. Pelo menos publicamente. Não ouvi a palavra golpe. Cuspe foi citado duas vezes, e a plateia das "mesas literárias" deu risada. Esse foi o momento  mais "ideológico" da excursão. Depois disso muita alegria com a música e simpatia do Zeca Baleiro, e com a arte dramática da atriz Clarice Niskier, que encenou a peça A lista. Clarice também não tocou em política, mas fez a plateia rir muito quando na sua "mesa" contou o apelido do marido e produtor do espetáculo: Delúbio, numa referência ao tesoureiro do PT. Zeca Baleiro igualmente só fez uma referencia ao momento político dizendo que: "tudo isso vai passar, vamos ficar bem". Continuo me questionando como pessoas instruídas, socialmente agradáveis, podem continuar acreditando, e pior, defendendo o governo da Organização Criminosa que quebrou o país?

3 comentários:

Li Ferreira Nhan disse...

Acreditam sim, "pessoas instruídas, socialmente agradáveis" e inegavelmente equivocadas. Conheço-as muito de perto.
>:(

Adorando as crônicas!!!

João Menéres disse...

Também carecem de um JACTO que as LAVE...

José Luiz disse...

Lama é uma coisa bastante democrática.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )