2.5.16

Crônica diária

Algumas reflexões

Por que será que quase todos os funcionários da Polícia Federal de plantão nos embarques de aeroporto se comportam de maneira tão grosseira, deseducada e autoritária? Por que a formação policial tem que ser sempre no mesmo padrão do marginal, do bandido? Não seria melhor que fossem, até como exemplo, mais educados? A maneira que nos tratam na revista de aeroportos é similar à que empregam na revista de motoqueiros, ou de motoristas suspeitos, levando-os de mãos para cima, de frente a um muro e de pernas abertas. Foi assim que me senti, com os pés afastados sobre um tapetinho de braços abertos. E o comando do funcionário, que pago com meus impostos, era seco, autoritário, como se estivesse tratando com um traficante ou preso da Operação Lava-Jato. Com seu detentor de metal constatou que o apito da cabine sinalizava o meu relógio e a fivela do meu sinto. Ainda assim me fez retirar ambos e voltar a passar pela cabine. Quando de péssimo humor perguntei para que? Ele rispidamente, como das intervenções anteriores, vociferou: É o procedimento. 
 

6 comentários:

Jorge Pinheiro disse...

Por cá já está melhor, mas os tiques de autoritarismo das forças policiais estão por todo o lado.

José Luiz disse...

Em muitos casos, não são policiais. Parece haver uma tendência internacional de terceirização de tais serviços. Quanto ao tratamento grosseiro, merece mesmo um debate amplo.

João Menéres disse...

Fiscalização é uma coisa. Estupidez e grosseria é outra.

Li Ferreira Nhan disse...

O costrangimento faz parte do "pacote" da fiscalização. E o mau humor dos agentes também. O bom é que rendem lembranças e histórias pra contar.

Li Ferreira Nhan disse...

Edu, não achei aqui ua crônica, de 1°/maio, que você publicou no face. Sobre o rio Negro...
Novidade não haver pernilongos!!! Eles são sempre o maior impedimento aos meus passeios!
Dava o dedo mindinho pra ver a esquerda calada!
;))



Eduardo P.L. disse...

Li, vc tem toda razão. Falha minha. Esta estava programada antes da viagem. Na volta resolvi iniciar as noticias do Rio Negro, e não atentei aqui para o Varal. Posto agora para corrigir o erro.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )