30.4.16

Crônica diária

Volta de viagem


Agora tenho um monte de coisas pra dizer. Nem sei exatamente por onde começar. Estou com a cabeça à mil. Muitas ideias novas. Mas vamos começar pelo começo. A viagem "Navegar é preciso, 6º edição", uma criação da Livraria da Vila, este ano, como nos cinco anteriores, navega com sete convidados, e cento e vinte passageiros pelas águas do rio Negro, no Amazonas. Literatura é o foco principal, mas tivemos teatro e música como pontos altos do programa. Irei falar ao longo dos próximos dias sobre cada uma dessas atividades, além dos passeios e banhos de rio. No avião, chegando a Manaus, tentei usar minha máquina fotográfica, que havia carregado a bateria, e com memória grande, para uma boa cobertura fotográfica, e não funcionou. Problema de configuração. Vai saber! Chegando no porto de Manaus, com uma guia gentilmente cedida pelo barco, na companhia do amigo Aloísio de Almeida Prado corremos o centro velho de Manaus em nas sete ou oito lojas onde seria previsível haver máquinas fotográficas à venda, não encontramos nenhuma. Aí vai a primeira notícia: os tablets e celulares acabaram com o mercado de câmaras fotográficas. Suspeitamos que a desconfiguração tenha ocorrido no raios-X do aeroporto de Guarulhos. Será? Nunca aconteceu. Podem imaginar com fiquei desapontado em não poder registrar o passeio. Mas contra tempos existem, e precisamos nos conformar com eles. A excursão foi fartamente gravada em vídeo e fotos que aos poucos vamos compartilhando. Falarei ainda da Polícia Federal nos Aeroportos. Mas hoje vou descansar de uma semana de férias. Ela é muito cansativa.

4 comentários:

Li Ferreira Nhan disse...

Oba, adoro histórias de viagens!!!

Jorge Pinheiro disse...

Óptimo que tudo correu bem (menos as fotos!). Aguardamos as crónicas. Pessoalmente interrogo-me sobre o interesse em ouvir conferências literárias no meio do Amazonas. Será?

José Luiz disse...

O fato de sua viagem ter inspiração literária trouxe-me à lembrança um mineiro de Monte Carmelo: MARIO PALMÉRIO. O autor do monumental CHAPADÃO DO BUGRE viajou pelo Rio Amazonas e seus afluentes durante vários anos. Anda um tanto esquecido pelo público, mas este é o ano do centenário de seu nascimento.




João Menéres disse...

A mim é frequente ir para fotografar e esquecer-me do cartão...mas sempre arranjei maneira de ultrapassar a fúria inicial.
Em Milão fui vítima de um assalto ao carro e limparam-me tudo : malas de viagem e todo o material fotográfico. Foi há mais de 30 anos.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )