2.3.16

Crônica diária

Os 64 " conselhos misteriosos"
 Foi a amiga Maria Tomaselli, lá de Porto Alegre, quem me escreveu recomendando "O livro negro" do escritor turco Orhan Pamuk. Referia-se ao longo romance (523 páginas) que levara quatro anos para escrever (1985/1989) e que o personagem central é um cronista diário. Claro estava a associação com minhas crônicas. Comprei o livro por um bom preço no sebo Estante Virtual que recomendei à Maria e faço aos meus leitores. O livro parece não ter sido nunca lido. Esta em perfeito estado. E nele encontrei os 64 "misteriosos conselhos" para um escritor de crônicas. Aqui, hoje, não vou abordar nenhum dos 64 conselhos. Vou mais uma vez me indignar com escritores que contam uma história em 523 páginas quando poderiam fazê-lo em 100. Talvez não tivesse (aqui no caso do Orhan) levado quatro longos anos. A cada dia estou mais certo que não há história que precise mais do que duzentas páginas. Assim como não há crônica que precise mais do que dez linhas.

Um comentário:

João Menéres disse...

Se um livro com semelhante número de páginas pode assustar um voluntário leitor, uma crónica diária na net deve ter não mais que as linhas que o Eduardo escreve.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )