1.3.16

Crônica diária



Sonho de menino
 
Quando eu era ainda imberbe e lia embevecido as crônicas de Rubem Braga e LM (Luis Martins) nos jornais matutinos da época, imaginava que um dia poderia vir a ser um cronista. Claro que jovens pensam largo e suas imaginações superam qualquer limitação. Por culpa do destino e não por determinação ou empenho obsessivo acabei depois de velho escrevendo uma crônica diária. Com o passar do tempo fui tomando gosto e hoje faço com grande prazer. Parodiando o jornalista gaúcho Milton Ribeiro, "meus sete leitores" são fieis, pacientes, tolerantes, compreensivos e gentis. O amigo José Luiz Fernandes, lá de Niterói, me chama de "cronista da Piacaba" e me homenageia enviando fotos de mulheres nuas, seminuas, e outras vestidas, mas todas sensualmente manuseando livros, que ele diz serem meus...É um reconhecimento em pagável e impagável. E por fim minha querida amiga Maria Tomaselli, lá de Porto Alegre, me recomenda "O livro negro" do turco Orhan Pamuk cujo personagem principal é um cronista. Ela acaba, com essa referência, reconhecendo o gênero como uma forma de literatura. Até então me cobrava um romance. "Nada pode ser mais espantoso do que a vida. Exceto a literatura".Ibn Zerhani.

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )