4.2.16

Crônica diária



Antiquarista não era marchand

Ontem falei de quatro marchands importantes e meus conhecidos. Deixei de falar de dezena de outros importantes também, mas bem mais novos e vivos da silva. Mas um nome que não mencionei ontem, e que não caberia no título de marchand, porque era um antiquarista antes de um galerista, e seu forte era a arte barroca, prata e mobiliário. Falo do José Claudino da Nóbrega (1909 – 1995), pai do meu amigo Claudino Nóbrega, que deu continuidade ao negócio do pai. Nóbrega como era conhecido e respeitado antiquário de São Paulo foi quem me orientou e vendeu móveis brasileiros que tenho há mais de cinquenta anos. Mesa, cadeiras, e guarda louça que viajaram comigo para Belém do Pará, voltaram para São Paulo e hoje estão em Santa Catarina, na Piacaba, onde moro. A razão do título desta crônica é porque naquele tempo (década de 60), antiquarista não era considerado marchand. Na Europa há três séculos, marchand comercializavam tapetes, móveis, lustres, quadros e esculturas. O nome vai mudando através dos tempos. Dono de antiquário, marchand e hoje curador. Não fazem exatamente a mesma coisa, mas no fim é exatamente o que fazem. Orientam, prestigiam, valorizam, objetos de arte, e suas orientações desprestigiam, desvalorizam, ou não, aquilo que comercializam, ou opinam. Fazem moda. Descobrem artistas. Fulminam carreiras, ou endeusam artistas.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )