25.1.16

Crônica diária

A vaia da Semana Moderna

 Por absoluta coincidência esta crônica escrita dia 19 passado foi prevista publicação no dia em que se comemora a fundação de São Paulo: 25 de janeiro. As datas anteriores já estavam comprometidas. E o assunto é a famosa vaia que os participantes da Semana de Arte Moderna de 22 receberam. Foi a glorificação do evento. Foi sua consagração. E estou sabendo através da leitura do livro "A Capital da Vertigem", de Roberto Pompeu de Toledo, que foi encomendada por um dos patronos da Semana, Paulo Prado, autor intelectual da vaia, segundo Di Cavalcanti. Havia outro suspeito: Oswald, que sempre negou. A Semana consistiu numa exposição de artes plásticas, e em três dias de apresentações, na segunda, quarta e sexta-feira dias 13, 15 e 17 de fevereiro de 1922. Corria mansa, morna e pacificamente e não teria cumprido sua finalidade não fosse as vaias do ultimo dia. Por essa razão acredita-se que tenha, mesmo, sido orquestrada por seus idealizadores. Paulo Prado teria chamado o amigo Cícero Marques, o meticuloso recenseador dos prostíbulos da rua São João, em seu livro "De pastora a rainha", e pedido: "Promova  uma vaia! Tenho horror de isso ficar parecendo com festinha." Menotti, que participava da Semana, notou que os vaiadores se encontravam em pequenos grupos, estrategicamente distribuídos pela plateia. Para ele, seria evidente de algo encomendado e ensaiado. De qualquer forma, foi uma santa, sagrada vaia. Segundo Pompeu de Toledo "nunca houve vaia tão consequente em São Paulo". Claro que seu livro trata da história de 1900 a 1954. Recentemente tivemos outras vaias colossais, em estádios de futebol, onde a Dilma, como Presidente da República, foi chamada, em coro uníssono, de FDP.

2 comentários:

João Menéres disse...

Então foi a consagração da Pesidenta !

Jorge Pinheiro disse...

Anda cheia de olheiras e terrivelmente magra. Estão a dar cabo da mulher...

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )