20.1.16

Crônica diária

Perguntas que não calam 

Nelson Motta escreveu, no O Globo, um artigo com esse título. Começa perguntando: "Por que o governo federal e o estadual, em época de penúria da Saúde, não tem vergonha de seus orçamentos milionários de (auto) publicidade, que não sofreram cortes?". Eu respondo  caro Nelson, todos os governos são imediatistas. Saúde, apesar de absolutamente prioritária, custa caro, tem que haver planejamento e políticas de longo prazo. Campanhas publicitárias, ainda que enganosas (vide as eleições de 2014), surtem efeito imediato. Antigamente eram os coretos e chafarizes em praças públicas, ao invés de investimento em saneamento básico, esgoto, etc... que elegiam os prefeitos das cidades. Os militares proibiram. Restabelecida a democracia, estamos voltando aos velhos hábitos. Não estou com isso defendendo a volta dos militares, muito pelo contrário, eles têm grande parte da  culpa por terem acabado com os partidos políticos, entre outros tantos equívocos. Os marqueteiros dos atuais governantes são seus quadros mais importantes. Mandam mais do que os ministros da saúde, e do planejamento. Fazem milagres.

Um comentário:

Jorge Pinheiro disse...

Há profissões que são difíceis de explicar.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )