15.1.16

Crônica diária

Grama cortada em silêncio

Estou lendo "A Capital da Vertigem", uma história de São Paulo de 1900 a 1954, de autoria do Roberto Pompeu de Toledo. Como o anterior, que já comentei, este é de fácil e gostosa leitura. Logo no início o autor chama a atenção para o fato de que o progresso traz consigo o barulho. No caso das cidades o trote dos cavalos foram substituídos pelos roncos dos motores dos automóveis. Eu que passei todas as férias escolares no interior, e hoje moro na praia, à beira do mar, tenho prova de que o progresso trás consigo ruídos e barulhos. Na casa da fazenda, há setenta anos, os gramados eram cortados com alfange. Poucos leitores devem ter conhecido ou manuseado uma delas. Alfange (ou foice de cabo longo) para quem não sabe, é aquele instrumento que representa  a morte. Assim como a foice e o martelo passaram a representar o marxismo. Quem cortava grama com o alfange era o saudoso Armindo, que tinha o rosto e o peito vermelhos como pescoço de peru. Morreu de infarte enquanto dormia. A Océia, que trabalhava em casa, de copeira, me acordou ajoelhada, ao lado da  cama, para dar a triste notícia. Ela sabia o quanto eu, e meus irmãos, gostávamos do Armindo. Além de cortar grama, regar o jardim, rachava lenha, e fazia estilingues e arapucas para pegarmos passarinhos. Nos ensinou a fazer visgo com leite de plantas. O silêncio na fazenda só era quebrado, com o barulho das locomotivas a lenha. A estrada de ferro Noroeste passava a poucos metros do gramado da sede. Era o barulho do progresso. Hoje os gramados são cortados com motores elétricos ou a gasolina. Fazem seus ruídos característicos. As locomotivas chamadas de Maria Fumaça não existem mais. A única coisa que continua, igualmente boa, é o cheiro da grama cortada.  

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )