8.11.15

Crônica diária

"Teatro Oficina, onde a arte não dormia"

A autora do livro, cujo título é o desta crônica, é minha amiga Ítala Nandi. Tínhamos 24 e 25 anos, sendo que ela é um ano mais velha. Sua família e a minha tinham a mesma origem na Itália. Somos Vênetos. Ela era de Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, eu paulistano. Ela separada do seu primeiro marido Fernando Peixoto, eu solteiro. Ela uma atriz de muito sucesso no teatro, e eu trabalhando no escritório da minha família. Ela protagonista do primeiro nu em cena, no teatro brasileiro, magnetizava, com sua beleza e interpretações, plateias, diretores e colegas de profissão. Ainda como filha de vinicultor em Caxias, foi a primeira mulher a colocar um maiô duas peças na piscina do clube local. Imediatamente foi chamada a comparecer à diretoria, e questionada pelo diretor, e amigo do seu pai Mássimo Nandi: "A senhora não sabe que é proibido o uso de duas peças? " Ao que ela respondeu: " Qual das duas você prefere que eu tire?".  Hoje essa história, verdadeira, foi incorporada ao anedotário nacional. O livro conta essa, e muitas outras histórias, do teatro brasileiro, notadamente, do Oficina.

Um comentário:

Jorge Pinheiro disse...

Como dizemos por aqui, boa malha.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )