23.11.15

Crônica diária


 A ética e o decoro
O Conselho de ética e decoro parlamentar é um órgão político, logo vale dizer, tem conceitos de ética e de decoro próprios. Basta ver sua composição. Seus membros deveriam ser políticos ilibados (políticos ilibados?). Julgar seus pares é coisa muito complicada em qualquer esfera, ainda mais em se tratando desses seres denominados políticos. A atividade política, que em tempos idos era exercida pela nata da intelectualidade e inteligência nacional, hoje com o voto dos analfabetos, (analfabetos votam?) e com a banalização da carreira de homem público, tem em seu meio uma amostragem fiel do que há de pior na sociedade. Corruptos, despreparados, populistas, demagogos, negocistas, que pior do que ideologicamente engajados, são adeptos da "política de resultados". Isso quer dizer: buscam resultados pessoais e partidários, muito antes do interesse público, ou social (interesse social?). O que esperar da ética ou da noção mínima de decoro? Traduzindo em miúdos (porque a política brasileira só pode ser entendida em suas miudezas) o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, segundo na sucessão presidencial, e que tem a prerrogativa de aceitar ou não o impeachment da Dilma, usa dessa sua condição para barganhar, com o governo, uma sobre vida no cargo. Acusado de ter mentido numa CPI, e investigado por ter milhões de dólares, sem origem, na Suíça, se tivesse um mínimo de vergonha na cara, já teria renunciado ao mandato, e num país minimamente sério, estaria atrás das grades. Mas como sabe que a situação da Dilma não é muito diferente da sua, ou pelo contrário, muito mais grave, pelos crimes lesa pátria cometidos no seu ultimo governo, e pelo estelionato eleitoral, fica seguro que o tempo conspira a seu favor. Sabe ainda que cada membro do Conselho de ética, que vai julga-lo, tem culpa no cartório. Conhece as fichas (sujas) de cada um dos deputados que irão julga-lo em plenário. Ética e decoro são duas palavras que passam longe do Congresso. Suas morfologias são muito distintas das que reza a decência.

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )