12.11.15

Crônica diária

Deu branco
Às vezes, ou vezenquando dá. Na maioria tenho cinco ou seis temas ou crônicas prontas. Umas outras poucas, como hoje, dá branco. Quando pintava havia a crise da tela em branco. Agora é o branco da tela do computador. Desde o dia que resolvi não falar mais de política, tenho lido, e poderia falar sobre essas minhas leituras. Estou lendo um livro de fábulas. Nunca leria se não fosse pela curiosidade em saber como se sairia a autora dessa empreitada. E saiu-se muito bem. A autora é minha amiga. A personagem da fábula é uma heroína, e encontrei muitos traços autobiográficos na história. Uma história que se passa a vários mil anos atrás, no tempo em que mulheres comandavam os homens, ao que hoje chamam de matriarcado. Os animais falavam, e seres de outros planetas, parecidos com gafanhotos, visitavam a terra com frequência. Que bom poder viver algumas horas perdido nesse mundo fantástico, de sonhos e prazeres. Que bom poder se refugiar na fantasia para ter forças para encarar a realidade. É mais fácil acreditar em cavalos azuis, alados e com um unicórnio, do que tentar imaginar o que será deste país nos próximos doze meses.

Um comentário:

João Menéres disse...

No tempo em que os animais falavam...
Agora, estão todos na política e falam para os seus próprios bolsos.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )