30.10.15

Crônica diária

Quem inventou?

Ontem passando na região do aeroporto de Congonhas em São Paulo, vi um ônibus da Azul, que liga este aeroporto com o de Viracopos. Imediatamente me veio a pergunta: "O quer dizer Viracopos?" Que eu saiba só o ato de virar, entornar copos, pode justificar essa palavra. E quem resolveu chamar essa região do estado e seu aeroporto com esse nome? Quando meus filhos eram crianças, as viagens de automóvel eram intermináveis para eles. Para distraí-los eu inventava história. Uma delas era a de que os bandeirantes que se embrenhavam nas matas, do interior paulista, iam andando e de quando em quando fundavam uma cidade. Eu lia para eles os nomes das cidades pelas quais a estrada passava. Por exemplo: "Pongaí", a tantos quilômetros. Inventava uma história para justificar esse nome, que eu não conhecia o significado na ocasião. Hoje procurei saber e, em tupi-guarani,  significa "Salto Pequeno, pequena queda d água". Esse município foi criado por desmembramento de Pirajuí, que quer dizer "Rio Dourado", que não deve ser confundido com Piraju, que significa "peixe amarelo". Eram quase sempre nomes indígenas. Contei para os meus filhos, que era uma vez um  bandeirante  espanhol, e que um dos seus subordinados perguntou: "Chefe, onde vamos colocar mais uma cidade?" E ele, displicentemente, apontou à direita dizendo: "Pongaí". Estavam à margem esquerda do rio Tietê. Por curiosidade fui pesquisar a origem do nome Viracopos. Encontrei duas versões. Uma verdadeira e outra lendária. A lenda diz que foi uma homenagem ao ex-governador, e ex-presidente Jânio Quadros, que construiu esse aeroporto porque preferia virar copos (bebia todas) do que Congonhas. Mas a mais correta é a versão segundo o "Prof. Luiz Antonio Sacconi, em seu livro NÃO ERRE MAIS! (8.ª edição, São Paulo, Editora Ática, 1986, página 139), Viracopos tem esse nome porque surgiu do fato de estar localizado num bairro de Campinas onde se localizaria a zona de meretrício, local de baderna, arruaça e bebedeira. A consequência disso, segundo Sacconi, eram mesas jogadas ao ar e copos virados todas as noites. Iniciada a construção do aeroporto, comentava-se, em tom de galhofa, que o bairro iria ganhar mais um virador de copos (pelos deslocamentos de ar que os grandes jatos iriam provocar). Por causa disso, o aeroporto internacional de Campinas ganhou esse nome: Viracopos."

Um comentário:

João Menéres disse...

O que se aprende com o Eduardo !...

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )