19.10.15

Crônica diária

 O diabo mora no detalhe

Traduzindo resumidamente a situação política brasileira neste dramático momento da vida nacional podemos dizer que chegamos a um impasse absurdo. A nossa Constituição é a lei maior, e a ela estão subordinadas todas as outras. No tocante ao impedimento de um presidente da república ela diz que só poderá ocorrer quando ele obtiver vantagens pessoais ilícitas. Até agora dizem que a Dilma não obteve vantagens pessoais. E mais, essas vantagens devem ter acontecido no presente mandato. Isso nos leva a acreditar que todas as pedaladas de 2014 não contam. Além disso, dizem que esses crimes de responsabilidade fiscal foram cometidos em favor dos pobres. Logo, nem os crimes deste mandato valerão para incrimina-la pois não são para benefício próprio. Ora, se o estelionato eleitoral de outubro de 2014 não era para benefício próprio, quem mais se beneficiou com a vitória da Dilma? Mas isso é crime de mandato passado, e a Constituição é clara em dizer: crimes durante o mandato. Há, pois, pedaladas em 2015. Crime de responsabilidade fiscal. É crime, mas não caracteriza "vantagens pessoais". Ora, mais uma vez, comete crime e continua no poder. Responsabilidade sabemos que ela e o PT não tem. Irresponsavelmente detonaram a Petrobras, a economia, a diplomacia, e a moral do país. E pela Constituição não pode ser impichada. Ora, ora, acima da Constituição deveria prevalecer o bom senso.

4 comentários:

João Menéres disse...

De quando data a Constituição, Eduardo?

Li Ferreira Nhan disse...

De 1988 João.

Li Ferreira Nhan disse...

O tal juiz, o sogro do ex- senadorvitalíciodoPT, vive nervosamente lendo, pra todos e para si próprio, a constituição. Justifica a permanência da mandatária até à própria sombra.

João Menéres disse...

LI

1988 ?
Com tanta mudança no mundo, não será altura de proceder a ajustamentos ?

Um beijo grato.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )