18.10.15

Crônica diária



“Homens sem mulheres”

Esse é o ultimo livro do Haruki Murakami, que reúne contos recentes do festejado escritor japonês. O ultimo conto do livro, e que dá nome a ele, trata da perda de um grande amor, na vida de um homem. No caso o personagem recebe de um marido um telefonema de madrugada, informando a morte por suicídio, da mulher, que havia sido sua namorada, por dois anos, depois de se conhecerem quando ambos tinham quatorze de idade. Nunca mais teve notícia dela. Três coisas ele nunca esqueceu. A borracha nova, partida ao meio, que ela, com um lindo, e inocente sorriso, lhe deu durante uma aula no colégio. As músicas de elevador que ela adorava e tinha mais de mil fitas, e que ele, que gostava de rock, detestava. E por fim, o cuidado como ela colocava nas mãos seu pênis, como quem admira uma joia incrustada em uma coroa indiana. "O formato é muito bonito" ela dizia. Possivelmente fosse essa a razão do marido ter ligado depois da uma da manhã para dizer que sua mulher havia se matado. Possivelmente ela teria dito isso a ele. E Haruki brinca com a palavra "Possivelmente" que acha estar usando em demasia. Possivelmente meu amigo Walter De Queiroz Guerreiro que diz não gostar do tipo de literatura que o Murakami faz, também não ache graça desta crônica. Possivelmente.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )