2.8.15

Crônica diária



O brilho do bronze [um diário]

O autor do livro, título desta crônica, é o professor Boris Fausto. Conheço-o de programas de debate político na Globo News. Nunca o confundiria com o Giannetti, parafraseando uma de suas piadinhas durante o livro. É um diário escrito durante três anos de luto da morte de sua esposa. Hoje esta com 85 anos. Sempre foi amigo, e do primeiro time, do FHC. Mas nada disso tem a ver com o "diário". Bem escrito, claro, é emocionantemente triste, porque trata da morte de um grande amor. Trata da solidão do viúvo. Suas expectativas, frustrações, relações familiares, amizades e observações de um professor aposentado. Havia lido, antes de comprar, críticas muito favoráveis. Decepcionou-me. Ter me levado às lágrimas não é vantagem. Qualquer filme ou livro, por medíocres que sejam,  onde criança ou idoso sofre, eu me emociono.

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )