16.4.15

Crônica diária

Crônica escatológica
Desagradável tratar de um assunto tão prosaico e ridículo como este, mas não há como contar o fato, sem abordar o tema. Trata-se do hábito que determinadas pessoas tem de tirar caca do nariz, em publico. Esse é o tema. O fato aconteceu sábado passado. Fui visitar a décima primeira Feira Internacional de arte SP ARTE no Pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera. Muito bem montada, esteve aberta ao público de 9 a 12 de Abril. São dezena de escritórios e galerias brasileiras e algumas internacionais, que apresentam seus artistas e obras para divulgação e comércio. Na década de 70 tive três obras minhas exposta numa Bienal. Depois houve Bienais de boa e má qualidade. As ultimas me decepcionaram. Não voltei mais ao Pavilhão. Nesta visita fiquei surpreso pela boa qualidade da mostra, da organização, e das obras expostas. Uma das galerias participantes, Ricardo Camargo, havia publicado no catálogo da feira, uma página convite, para o pré lançamento do Wesley Duke Lee Art Intitute, onde uma tela a óleo, que retratei o artista Wesley, foi usada numa feliz colagem. Comprei o catálogo. E fui dar uma volta pela feira. Estou há muitos anos longe do ambiente de galerias e artistas. Passando pela frente de um dos expositores me deparo com o dono da galeria sentado numa cômoda poltrona, ao lado de outro circunspecto judeu de barba, sendo que meu amigo galerista se encontrava com o dedo escalavrando uma meleca no nariz. Apressei o passo, olhei no sentido contrário, morrendo de medo que ele me reconhecesse e viesse me cumprimentar. Por maior apreço que tenho por ele, não poderia aceitar um aperto de mão, ou abraço, com meleca na ponta do dedo.

4 comentários:

Li Ferreira Nhan disse...

Aha haha!!! Que ótima! Adorei!
(Lembrei do Joachim)

myra disse...

nojento :(

João Menéres disse...

Pior é verificar que nos WC há pessoas que não lavam as mãos após aliviarem a bexiga !

Jorge Pinheiro disse...

Uma pila bem lavada não carece de mão enxaguada. Por cá diz-se macaco do nariz (não sei o que é meleca). A higiene é um preconceito, mais um do Eduardo. Interessante seria saber as porcarias que nós fazemos connosco e que só achamos mal nos outros.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )