31.3.15

Crônica diária


 A divida do caminhão

Domingo escrevi sobre o copiloto alemão, que ao derrubar o avião que pilotava, se matou e a 149 pessoas. Não havendo razões ideológicas, religiosas, ou de cunho trabalhista, que por si só não se justificam, só a psiquiatria pode explicar. Ontem lembrei do meu pai que morria de medo de voar. Hoje lembro seu pai,  meu avô, um dos pioneiros da aviação civil no Brasil. É dele a história do empregado que pediu um dinheiro emprestado para comprar um caminhão.  Meu avô emprestou estabelecendo as condições para o pagamento do empréstimo. Passado um tempo, e não tendo recebido nenhuma amortização, chamou o indivíduo, e cobrou. Em resposta o devedor ameaçou se jogar com o caminhão num precipício. Estava desesperado sem condições de cumprir o acordo. Meu avô calmamente retrucou:
_"Se joga, mas deixa o caminhão".
Esse seria um bom conselho para o copiloto alemão. Quer se matar, ninguém pode impedir, mas não faça com o avião e 149 inocentes a bordo.

2 comentários:

Jorge Pinheiro disse...

Os suicidas estão a virar meros assassinos.

João Menéres disse...

Ele garantia que queria ficar conhecido...
Se fizesse o que seu avô aconselhou jamais seria conhecido.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )