1.2.15

Crônica diária

 Mais algumas considerações sobre prostíbulos

Volto ao tema porque pode ter ficado a impressão de que só a cidade mineira de Cataguases tinha um puteiro. É verdade que era uma das poucas a tê-lo numa ilha. Mas  isso não fazia diferença funcional. Todas as cidades brasileiras, de um determinado número de habitantes, tinha, teve, ou tem seus prostíbulos. São Paulo nos seus primeiros anos de vida, não passava de uma incipiente vila com casebres de taipa cobertos de palha, e já tinha uma quantidade expressiva de mulheres nesse ofício, segundo o insuspeito historiador Roberto Pompeu de Toledo, no seu livro " A Capital da Solidão". De 1600 para cá os costumes mudaram. Antes só as prostitutas se tatuavam a exemplo dos marinheiros. Hoje todas jovens, de ditas boas famílias, tem, ou sonham ter, uma tatuagem. Nos séculos XVIII, XIX, e XX  a virgindade era preservada até o casamento. Hoje as meninas "ficam" aos treze, quinze anos, e só pensam em casar depois dos trinta. Com as facilidades que os jovens encontram sexo nos dias de atuais, a prostituição, nos moldes antigos, não tem mais vez. E quem não viveu aqueles tempos não pode imaginar o que eram os templos de Bauru e Ribeirão Preto, para citar só duas cidades paulista. Não pensem meus amigos mineiros que a Ilha do Rio Pomba era uma exclusividade de Cataguases.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )