21.1.15

Crônica diária

Faz quinze anos que moro em Santa Catarina, na praia de Ibiraquera. Escolhi o lugar a dedo. Comecei a busca por Pernambuco, e fui descendo. O nosso litoral tem paisagens maravilhosas. O clima vai mudando a  medida que se vai caminhando para o sul. O povo que habita esse litoral também. Na minha escolha pesou mais o povo do que o clima. Não me arrependo. Não teria aguentado, também, o calor do norte ou nordeste. Tenho meses de verão quente, mas suportável, com água do mar ou da lagoa (Ibiraquera) com temperaturas agradabilíssimas. O inverno é frio como gostam os amantes das montanhas. E continuo a beira mar. Nessa época do ano tenho a companhia de baleias em frente de casa. No verão ou no inverno a lagoa propicia banhos paradisíacos. Vinte a trinta centímetros de água salobra, transparente, com areia branca ao fundo. Fico deitado imerso num silêncio dos deuses, cercado por cardumes de pequenos peixes, alguns caranguejos,  uma paz celestial. Uma hora pela manhã, outra horinha no final do dia, é o bastante para suportar a eventual falta d´água, nos meses de verão, quando as praias são literalmente invadidas pelos turistas. O bastante para suportar o trabalho e custo de substituir aparelhos elétricos e eletrônicos danificados pela maresia. Desde a geladeira, aquecedores, máquina de lavar, TV, modem, roteador, notebook, aparelhos telefônicos, ar condicionado, motores e bombas, apresentam defeito. Invariavelmente um ou dois deles estão com problema. Mas o prazer dessas dois banhos diários não há problema e custo que não pague. Porque na vida tudo tem um preço. Morar em Ibiraquera é altamente vantajoso.
PS- Eu havia acabado de escrever as linhas acima quando me deparei com esta frase da Beatriz Portugal: "Aqui ainda é um lugar onde se pode encontrar silêncio. Não só aquele silêncio que é realmente uma ausência completa de som, mas um silêncio que é uma presença de paz." Ela não se referia à minha praia, mas a frase cabe como uma luva.

Um comentário:

Jorge Pinheiro disse...

Sou testemunha do paraíso... e também da humidade.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )