14.1.15

Crônica diária


De volta aos palitos

 Por mim o tema estava esgotado, mas não posso recusar o convite de um  professor de Cataguases, de quem tive o privilégio de ser aluno. Minhas crônicas sempre padecem de profundidade. Minha amiga gaúcha  Maria Tomaselli cansou de me cobrar mais "profundidade". Eu sempre me desculpo alegando falta de espaço nas parcas dez linhas que me obrigo a concentrar  minhas ideias. Tenho como certo que, aqui na internet, mais de dez linhas ninguém lê. Mas vou transcrever o comentário e pedido do Joarês Costa:
 "Joarês Costa Costa Caro Eduardo. ACHO que você poderia dar uma alongada nesta bem posta crônica sobre o uso de palitos de dentes. O que você pensa sobre as indústrias nacionais que produzem os mais diversos tipos de palitos: simples, mentolados, envoltos em papel de seda. Há, inclusive, cursos dados pelo SEBRAE para novos empreendedores e até a curiosidade de máquinas portáteis destinadas à produção deles. Que tal você dar uma verificada na Indústria americana de produção de palitos (tooth pinks). DÊ um pulo no Estado do Maine e veja como esta indústria ali floresce sendo um dos Estados que mais o produzem. Há, como você bem sabe, fabricação de palitos de plásticos......... Suas crônicas são tocadas pelo inusitado, pelo calor da narrativa e pela qualidade de seu estilo literário. Assim, para nosso gáudio, antes de encerrar o tema, mostre-nos as profundezas deste tema, suas origens e sua significação nos diversos países. Eduardo. Ponha fogo nesta fervura. Seus alunos estamos sequiosos e prontos para aprender muito sobre este TEMA. Abraços."
Viu caro Professor  Joarês, com aquelas poucas palavras sobre o hábito abominável de palitar os dentes à mesa,  o atento e implacável leitor Aloísio De Almeida Prado comentou o que segue: "Extremamente prolixo, não só você como também os outros." Imagine se eu me estendesse!
Preciso agradecer ao mestre os simpáticos elogios, completamente infundados. Depois dizer que de palitos só poderia acrescentar mais duas observações, além das já citadas pelo professor. Há no Brasil um fabricante cuja marca é Gina. Meu filho Guilherme batizou sua cadela da raça galgo com esse nome. A outra informação é que em alguns canivetes suíços havia, quando ainda era permitido,  um palito de marfim.

Nenhum comentário:

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )