31.8.14

Jardim da Piacaba

Orquídea

Crônica diária

O desespero esta levando Lula, Dilma e Aécio a atacarem Marina Silva. Ela vinha com seus parcos minutos de TV, e seus mínimos recursos de campanha, tentando mostrar que representava o novo na política. Definitivamente não é, mas seus três poderosos adversários estão convencendo o povo do contrário, que ela é diferente. Se o PT e o PSDB, que na cabeça dos jovens, representam o velho, estão contra a Marina, ela é o novo. Simples assim. Atacar a Marina pode ser um tiro no pé, e Marina na Presidência.

Rubens Lessa Vergueiro

Rubens Lessa Vergueiro

Comentários que valem um post

Li Ferreira Nhan deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Crônica diária":

Jovens?
A grande maioria embarcou (um tanto silenciosa) na onda da Marina.
Os que continuam com a Dilma revelam, indignados, suas faces desesperadas e sujas.
Hoje a noite a pesquisa deu empate (34%) entre as duas.
Do jeito que as coisas vão (graças ao PT),
com o nosso trem correndo sem freios no trilho da recessão, a Marina passa a Dilma fácil.
Ou não!
Há que se lembrar do episódio das "urnas eletrônicas e a recusa dos testes pelo Min. Toffoli"; sem os tais testes públicos das mesmas (que mostraram-se fraudáveis pelos técnicos em Brasília) corremos o risco de uma farsa eleitoral.

De qualquer maneira a coisa vai de mal a pior.
Postado por Li Ferreira Nhan no blog . em sábado, 30 de agosto de 2014 03:03:00 BRT 
******************************************************************************** 
 Supla

deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Adivinhem quem é.":

Já conferi(Garota DE Berlim). Entre o gótico e o metálico. Vagamente igual a qualquer coisa.

Postado por Jorge Pinheiro no blog . em sábado, 30 de agosto de 2014 09:31:00 BRT
************************************************************************************ 

 

Elma Carneiro deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Jesus esta voltando !":

Jesus está voltando? Voltando de onde? Jesus não vai voltar de lugar algum, porque ele não foi pra lugar algum.
Jesus está voltando é uma frase sem sentido; não significa nada. Serve só pra sustentar a fé das pessoas em algo que não existe.
Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.
Mateus 24:34 ,


Ora. Como não aconteceu, os crentes de hoje quebram a cabeça para entender o que Jesus estava querendo dizer com “geração.
Pois então, sempre achei que Jesus deveria ter marcado uma data específica para voltar à Terra. Promessa séria é promessa cumprida dentro do prazo combinado, senão fica parecendo conversa de mau pagador aquele que diz: Ok fique esperando que “qualquer dia” eu volto para lhe pagar ou cumprir minha promessa. Esse é o típico negócio mal feito com conversa de malandro que não quer pagar ou não confia no comprador.

Postado por Elma Carneiro no blog . em sábado, 30 de agosto de 2014 11:33:00 BRT 
************************************************************************************ 

30.8.14

Tudo é proibido

internet

Crônica diária

Reflexões e futurologia

O Brasil perdeu a oportunidade de trazer de volta o PSDB do Fernando Henrique para retomar o bom caminho. As propostas de governo do Aécio são de longe as mais consistentes. A trágica morte do Eduardo Campos tem implicações muito maiores e mais profundas do que a perda lamentável de um dos melhores quadros políticos da nova geração. Não foi o PSB, partido que perdeu seu líder e que não deixou substituto. Lá volta tudo ao tempo do velho avô Arraes. Com Marina cabeça de chapa todo o tabuleiro político ficou alterado. O componente "renovação" somado ao "contestação" e envolvido pelo "emocional" fizeram um estrago irreparável na candidatura do Aécio. O PT que também perdeu, com a morte de Campos, vai atacar com os velhos e tradicionais métodos,  todos os flancos, que puder, da candidata Marina. A começar pelo aluguel (aparentemente) irregular do avião que se acidentou. Como se ela  fosse pessoalmente responsável por conferir as informações do PSB, sobre a propriedade e forma de remuneração da aeronave. Uma campanha nacional num país das dimensões continentais do Brasil, ou se tem uma estrutura partidária gigantesca, com as consequentes verbas para mantê-la, ou não se chega à presidência. Essa a razão do velho bipolarizmo (PSDB x PT). Se o povo pretende mudanças, ela só vai acontecer, entrando em cena um outro partido, e consequentemente menor. Sem os recursos materiais (aviões), humanos (assessores), financeiros e tempo de TV. Marina, ocasionalmente, representa isso, sem ao mesmo tempo, ser nova na política. Ex-petista, ministra do Lula, coabitou com o que há de mais espúrio na política brasileira. E fala em uma nova política citando nomes com mais de setenta anos. Não será o velho Serra, muito menos o senador Eduardo Suplicy ou Pedro Simon que irão representar as mudanças esperadas pelos jovens do movimento de junho de 2013. Por falar nos jovens, onde estão eles? 

Comentários que valem um post

Jacinto Gomes Não conhecia o autor e fiz uma pequena pesquisa. Entre outros, Humberto Werneck publicou um livro que deve ser muito interessante: "O Pai dos Burros", reúne 4.500 frases feitas que a gente escuta (e fala) todos os dias. Uma recolha de lugares comuns é no mínimo original e a sua leitura deve ser hilariante. Nunca chegará por cá, julgo eu. Mas é daqueles livros que eu nunca deixaria de comprar.
***********************************************************

Ronaldo Werneck

Ronaldo Werneck

29.8.14

Adivinhem quem é.

No Brasil 99,99% das pessoas reconheceram na hora... Foto a bordo da Avianca, Floripa/SP

Crônica diária

Esse é o título de uma das crônicas e do livro do Humberto Werneck. Na orelha encontro esta síntese: HW brinca com as palavras e retrata pessoas e situações inesquecíveis. São narrativas infalivelmente divertidas, mesmo que às vezes produzam um riso levemente melancólico. Rebobinando suas memórias,produz uma arqueologia sentimental de rara beleza." Não posso estar mais de acordo. Recomendo vivamente as crônicas bem humoradas do Humberto que escreve aos Domingos no jornal O Estado de São Paulo.

Renata Fioravanti

Renata Fioravanti

28.8.14

Jesus esta voltando !

Foto do Aloísio de Almeida Prado. Agosto 2014

Crônica diária

O assunto é política
Não fosse a tragédia do acidente que matou o candidato Eduardo Campos, essas eleições de Outubro, e agora podemos afirmar com maior segurança Novembro, num segundo turno, não estaria atraindo a atenção do povo brasileiro. Do povo propriamente ainda não esta, porque não lê jornal e revista semanal. O efeito das campanhas televisivas ainda esta muito no início. Os debates entre candidatos, também mal começaram. As pesquisas estão saindo, e são grandes as expectativas em torno da corrida eleitoral. Todo esse interesse atual foi motivado pela súbita entrada como cabeça de chapa da Marina Silva. Ela pessoa física, portadora de 20% de votos cativos, trouxe para o partido PSB, munição para vencer as eleições. Ainda é muito cedo para uma avaliação mais profunda, mas é certo que o PT e a Dilma perderam muito com a morte do Eduardo Campos. Eduardo e Marina, ex ministros do Lula, não representavam a terceira via que a Marina sem o Eduardo passou a representar. Superando dificuldades enormes, aceitou o nome de seu vice Beto Albuquerque, deputado de bom trânsito no congresso, e economistas com o peso de Eduardo Giannetti e André Lara Resende. O apoio de gente como a herdeira do Banco Itaú, avalizando a política econômica de um eventual futuro governo da Marina, garantem a ela apoios significativos. Muita gente que votará no Aécio num primeiro turno poderá votar na Marina, num segundo, só de raiva do PT. Aí ninguém sabe o que pode acontecer.

Henrique B. Larroudé

Meu leitor assíduo e grande colaborador com ideias e observações pertinentes Henrique B. Larroudé. Ele e outras 638 caricaturas podem ser vistas no blog VÍTIMA DA QUINTA (vtmadaquinta.blogspot.com.br)

27.8.14

Visitando a PIACABA

Aloísio de Almeida Prado em recente visita à Piacaba. Agosto 2014

Crônica diária

 Encarnado no vanerão

"Encarnado" em Portugal é vermelho, e no Rio Grande do Sul é usado como gíria de "fanático". Agora "vanerão" em Portugal não existe e eu nunca havia ouvido essa palavra. Estávamos Aloísio de Almeida Prado e eu voltando da oficina mecânica, onde havíamos deixado meu carro para fazer uma revisão, quando o motorista saiu-se com essa: " Sou encarnado num vanerão". Traduzindo: sou fanático pela dança que leva esse nome. O Aloísio conhecia. Eu nunca tinha ouvido falar nisso. Imediatamente o motorista girou o dial do rádio e sintonizou numa estação que tocava um "vanerão". Antes não tivessem tocado no assunto. Um horror. Mas o Aloísio e o motorista se deliciaram com minha ignorância musical, e meu gosto, para eles absurdo. Transcrevo o que o Google diz sobre o assunto, mas não recomendo ouvirem. Não vale a pena. Sou "encarnado em boa música".

"Vanerão é um tipo de dança típica do Rio Grande do Sul. Assim como a vanera e a vanerinha, nasceu de origem alemã e se desenvolveu no Rio Grande Do Sul. Seu ritmo foi influenciado pela habanera, originada em Havana, Cuba, da mesma forma que vários outros encontrados nos países hispano-americanos, como o tango, o samba canção e o maxixe. De acordo com o andamento da música, têm-se as variantes vanerinha, para ritmo lento, vanera, para ritmo moderado, e vanerão, para ritmo mais rápido. Ao lado do xote, do bugio e do fandango, tornou-se uma das danças mais populares do Rio Grande do Sul e dos outros estados da região sul, Santa Catarina e Paraná, devido à migração de gaúchos para outras terras. Foi levada também a Mato Grosso do Sul pelos gaúchos que para lá partiram em busca de novas fronteiras agrícolas no século XX. Hoje pode-se encontrar grupos famosos responsáveis pelo ritmo na região centro-oeste." Ninguém merece.

Armando Camargo Penteado

Armando Camargo Penteado, leitor assíduo, pode ser visto entre outros 638 caricaturados no blog VÍTIMA DA QUINTA (vtmadaquinta.blogspot.com.br)

26.8.14

Academia

Com foto de Aloísio de Almeida Prado um registro de como tenho seguido as determinações médicas à risca.

Crônica diária

 Geração NoMo

Garanto que você nunca ouviu falar nessa sigla. Outras como PANKS (mulheres solteiras e com dinheiro), ou YUMMIES (jovens urbanas com poder aquisitivo), chegam as NoMo (Not Molhers) e a rebelião das mulheres que não desejam ter filhos, incorporando o glossário de siglas impensáveis. O  argumenta da associação britânica Gateway Women, paladina da causa e responsável por sua popularização reivindica “o respeito de uma sociedade fundamentada na absurda crença de que uma mulher tem de dar à luz pelo menos uma vez na vida”, e mais uma vez a Inglaterra lançando e liderando moda. O livro Rocking the Life Unexpected é a bíblia das mulheres que formam a Geração NoMo. Jody Day, autora da obra e cofundadora da Gateway Women, alcançou no ano passado os primeiros lugares na lista de títulos mais vendidos da plataforma Amazon. A obra, um misto de “tom autobiográfico, sociológico e de autoajuda”, se dirige ao 47% de mulheres entre 15 e 44 anos que não têm filhos, segundo estatísticas oficiais dos EUA. Contrariam a tese de que uma criança é uma bênção. Em 2009, a escritora suíça Corinne Maier invadiu à força as livrarias com uma atitude radicalmente oposta. O livro Sem Filhos: 40 Razões Para Você Não Ter dinamitou qualquer tentação de ferir sensibilidades e verbalizou o que muitas mulheres pensam. “Os filhos são um pé no saco. Se você não tem, desfruta mais do sexo e de maiores oportunidades de trabalho”, disse Maier. Deixando de lado qualquer opinião, o que parece evidente é que a Geração NoMo se apresenta como a reivindicação de um espaço de respeito e liberdade: o respeito às decisões de uma pessoa e à liberdade de poder tomá-las sem ter de dar explicações. É uma continuidade e mais argumentos para o movimento gay.

CÉLIA CONRADO

Minha amiga Célia Conrado, e outras 638 CARICATURAS podem ser vistas no blog
 VÍTIMA DA QUINTA (vtmadaquinta.blogspot.com.br)

25.8.14

Crônica diária



Marina e os sonháticos

Foi o Ricardo Nobla quem cunhou essa expressão: "sonháticos". Foi ele também quem faz uma análise muito apropriada dos necessários ajustes, na rota da Marina Silva, como cabeça de chapa do PSB. Uma coisa era ser vice representado um futuro partido (Rede de Sustentabilidade) outra a candidata de um partido alheio. Mas já esta demonstrando flexibilidade ao aceitar como seu vice um deputado gaúcho ligado ao agronegócio. Para quem não sabe Beto Albuquerque foi quem liderou a campanha a favor das sementes transgênicas, no governo Lula, contra a então Ministra do Meio Ambiente Marina Silva. É um sinal de que uma coisa é discurso de campanha outra vencer uma eleição. E ainda mais difícil governar, que implica em somar, negociar, ceder, compor, ajustar, entre partidos e políticos pouco afeitos a ideários claros e ideologicamente coerentes. Grande parte do discurso do Aécio poderá ser adotado pela Marina, para vencer no primeiro turno. Difícil será transferir votos do PSDB e do Aécio para a Marina, num segundo turno. E se eleita, ter que governar com um congresso onde a oposição será o PT e seus partidos coligados. Claro que o PMDB passará rapidamente para a base da Marina, mas continuaremos a ter a política do toma lá, dá cá, de sempre, e decepcionar os sonháticos que fizeram o movimento de rua em junho de 2013 e que misteriosamente sumiram, e se calaram.

Luiz Fernando Levy

30 anos aproximadamente sem nos encontrarmos, casualmente nos vimos a bordo de um voo para Floripa: LUIZ FERNANDO LEVY, meu velho amigo Lisfer.

24.8.14

Christina, Paula Casa Grande, e Claudinha Kuser na Piacaba

Claudia Kuser, Christina e Paula Casa Grande

Crônica diária

 Sinuca de bico

Usei essa expressão " Sinuca de bico" numa recente crônica e meu colega no Colégio de Cataguases, Minas Gerais,  Américo Picanso, que era bom de sinuca, ao comentar a crônica repetiu a frase. Quem nunca jogou não sabe o que significa, mas quem vai ter que votar no segundo turno, nas próximas eleições de Outubro, se defrontará com a tal "sinuca de bico". Numa indesejável, mas provável escolha entre Dilma ou Marina teremos uma autêntica "sinuca de bico". Entendem? Quando o jogador, e no caso eleitor, tiver que escolher entre duas opções, uma pior do que a outra, configura-se "sinuca de bico". O Brasil, mais uma vez, vítima das tragédias pessoais, se verá entre o atraso ou o retrocesso. Um país de partidos políticos fracos e sem programas e ideários consistentes, deficiente de novas lideranças, esta fadado a ter o mesmo de sempre. Políticos e políticas medíocres e atrasadas. Estamos importando médicos de Cuba, e ideologias impensáveis da Venezuela. Vamos aos poucos inviabilizando o futuro deste país, por mais que não queiramos desistir dele.

Cristina Rolim

Cristina Rolim e outras 636 caricaturas podem ser vistas no blog VÍTIMA DA QUINTA (vtmadaquinta.blogspot.com.br)

Comentários que valem um post

Jacinto Gomes A exclusão social está sobretudo ligada à pobreza. O desemprego, a toxicodependência, o isolamento socio/racial, a marginalidade, o alcoolismo e a posição social são as razões dessa exclusão que podem levar a situações extremas. No que respeita a Portugal, as pessoas de origem africana ou os ciganos, p.e., estão sub-representadas nos processos de tomada de decisão política e institucional. Não têm igualdade de acesso à educação, aos serviços públicos, ao emprego. São discriminadas no sistema de justiça, vítimas de discriminação racial e de violência pela polícia. O factor educacional seria muito importante na tomada de consciência cívica. Essa tomada de consciência, de deveria partir de políticas certas por parte dos governantes, poderia evitar os confrontos que por vezes ocorrem. Contudo essa é uma das grandes falhas nas sociedades ditas evoluídas. E os governos pouco ou nada fazem para superar o problema.
******************************************************************
  Jorge Pinheiro deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Comentários que valem um post":

A base do problema está, indiscutivelmente, na excelente análise do Jacinto.

Postado por Jorge Pinheiro no blog . em domingo, 24 de agosto de 2014 18:16:00 BRT 
******************************************************************************** 

Cassio Penteado A questão americana, bem enfocada pelo Eduardo Penteado Lunardelli tem - no entanto e ao meu ver - raizes historicas e sociais muito profundas, remontando à guerra civil e à separação clara entre Norte e Sul. Talvez a escolarização não seja suficiente para solucionar esses conflitos. No Brasil, a duração exagerada do escravismo, importou no empobrecimento dos negros que - ainda hoje e em sua maioria - são submissos a qualquer branco, o que enseja uma escravidão disfarçada ou cordial. Tema complexo.
*********************************************************** 

23.8.14

O dono da casa

Meu hóspede Aloísio de Almeida Prado autor desta imagem deu o título: "O dono da casa". Piacaba, Imbituba, SC 21 de Agosto de 2014

Crônica diária



Educação e racismo

As últimas manifestações racistas nos Estado Unidos demonstram cabalmente que só a educação ( escolas) podem acabar de vez com o racismo. A falta de escolaridade, desemprego, por falta de capacitação profissional, marginalidade (o maior número de pessoas presas são negras) e um número menor de policiais negros são as raízes do problema na América do Norte. Policiais brancos matando negros desarmados. No Brasil o quadro não é muito diferente, só não conheço a proporção de brancos e negros na polícia, mas a maioria, com baixa  ou nenhuma escolaridade, é de negros, e a maioria dos carcerários também são de negros ou pardos. Não há demonstrações racistas tão explicitas como na América, mas o brasileiro mantém um racismo cordial. Só a escola para todos, sem quotas raciais, sem descriminação, pode a longo prazo corrigir distorções, que se não forem atacadas poderão gerar conflitos como existem nos Estados Unidos.

Roberta Mello Olga

Roberta minha leitora assídua. Ela e outras 636 caricaturas podem vistas no blog VÍTIMA DA QUINTA ( vtmadaquinta.blogspot.com.br)

22.8.14

Aloísio fotografando sombras

Aloísio de Almeida Prado e eu fomos caminhar na praia de Ibiraquera e ele fez essa imagem, que considerou artística.

Roberto Coimbra de Andrade

Roberto Coimbra de Andrade e outras 666 caricaturas podem ser vistas no blog VÍTIMA DA QUINTA ( vtmadaquinta.blogspot.com.br)

Crônica diária


Acabou o mistério

Este título poderia ser o de um livro policial, no entanto refere=se a recente tragédia que vitimou o candidato Eduardo Campos. Como não poderia ser diferente quiseram politizar o acidente. Um perverso atentado político, sabotagem criminosa e outras teorias da conspiração. Nada disso, como sempre acreditei foi mesmo falha humana, como na maioria dos acidentes aéreos. Apesar do cuidado e preocupação do candidato em voar só no seu próprio avião (fretado) com seus pilotos de confiança. Não foi suficiente. Esse modelo, segundo o fabricante (e consta do manual) não pode recolher o flap quando estiver em baixa velocidade ou em procedimento de arremetida. O campo de pouso do Guarujá, onde tentaram pousar, sem sucesso por falta de visibilidade, ao arremeter o piloto é obrigado a fazer uma curva para desviar da serra do mar à frente. A curva para a esquerda, logo após a arremetida, com o recolhimento do flap, provocou o stol da aeronave que embicou no solo explodindo no choque. A investigação, tanto do fabricante, como da aeronáutica levarão mais de um ano. Confiram as minhas afirmações quando da conclusão do inquérito.  

Comentários que valem um post

 

lis deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Roberta Mello Olga":

Adoro ficar aqui olhando essas caricaturas.
Todas excelentes.
Que artista completo você é !
como dizem por ai_ 'benza Deus' rs

abraço

Postado por lis no blog VITIMA DA QUINTA em 21 de agosto de 2014 10:02 
******************************************************************** 

21.8.14

Aloísio de Almeida Prado

Aloísio de Almeida Prado no Vítima da Quinta ( vtmadaquinta.blogspot.com.br) entre outros 632 caricaturados.

Crônica diária

 Lina por escrito

Lina Bo Bardi ( 1914 - 1992) arquiteta Romana e mulher do Professor Pietro Maria Bardi (1900-1999), ele diretor do MASP, e ela autora do projeto arquitetônico do museu paulista. O cartão postal de São Paulo foi projetado por essa figura ímpar na arquitetura brasileira. Estou me deliciando com um livro de textos dessa arquiteta. Artigos de jornal e revistas onde expunha suas ideias e defendia com muita propriedade e lucidez a arquitetura moderna e contemporânea. Sua obra literária sobre arquitetura é maior quantitativamente do que suas obras. Ficou conhecida entre alguns ótimos projetos pela Casa de vidro, no bairro do Morumbi em São Paulo e pelo MASP. Defendia a importância da casa onde o homem mora e convive com sua família, numa forma mais limpa, prática e objetiva, mas defendia também a construção de escolas, bibliotecas, teatros, casa de cultura. Era uma humanista muito à frente de seu tempo. Lutou contra o gosto pobre e dependente de estilos velhos copiados na Europa. Depois de mais de duas décadas de sua morte, o gosto, da classe média, e abastada brasileira, continua o mesmo.

Comentários que valem um post



Norival R. Duarte Obrigado pela atualização, Eduardo! Depois de seis anos,parece que não mudei muita coisa no visual. Ainda acho que continuo me parecendo com o Harrison Ford, ou melhor, que ele continua se parecendo comigo, pois é mais novo que eu.Hê-hêêê!
****************************************************

20.8.14

Norival R. Duarte

Norival R. Duarte amigo blogueiro dos velhos tempos, numa homenagem recente. Essa e outras caricaturas podem ser vistas no blog VÍTIMA DA QUINTA

Crônica diária

 Raiva e alegria

Um grande amigo me ligou que gostaria de passar uns dias na Piacaba e perguntou até quando eu ficaria aqui. Disse a ele que viesse e que não tinha data para voltar a São Paulo, porque estava me dedicando inteiramente ao meu aquecedor, e a um esperado e futuro banho com água quente. Como resolvi a compra do diafragma me pus a procurar passagem entre as três principais companhias aéreas, para voltar junto com meu amigo. Quem determinaria o dia e hora seria o preço da passagem. Subiram muito nos últimos tempos. A desculpa era a Copa, mas perdemos de 7x1 e o preço continua nas alturas. Eis que de repente encontro uma passagem em promoção. Tento ligar para o amigo antes de comprar, mas o telefone estava ocupado. Perdi uns cinco minutos. Voltei para a tela da promoção e dei continuidade na compra sem a aquiescência do amigo. Na finalização apareceu um aviso de ERRO, e que a operação não pode ser concluída, e que tentasse novamente. Merda! Isso é muito comum. Voltei a chamar o telefone do amigo que continuava ocupado. Que se dane. Vou comprar assim mesmo. Quando volto a acessar a mesma companhia não havia mais passagem na promoção. Não acredito. Não faz dois minutos e acabou? Xinguei minha má sorte. Consegui falar com o amigo e lamentamos a perda da oportunidade. Mas voltei novamente às compras. Todas as companhias e todos os dias e horários os preços eram quatro vezes maior do que o da promoção. Comprei para um dia depois daquele da promoção, pela mesma companhia aérea. Lamentado muito, é claro. A compra se processou normalmente com sucesso. Duas horas depois abri minha caixa de correspondência e fui surpreendido com dois e-mails de notificação de compra de passagem. Como assim? Isso mesmo, as duas compras tinham sido efetivadas com as respectivas senhas e tudo. Não consegui evitar uma gargalhada. Eu que xingara a companhia por ter perdido a passagem promocional, fui o último a adquiri-la. Aí foi só ligar para a companhia, relatar o ocorrido para eles, on line, estornarem  o débito da passagem cara, e cancelarem a compra. Fui dormir feliz. Com o diafragma comprado e a passagem baratinha. Agora só falta o Aécio ganhar.

19.8.14

Zazá Do Val

Zazá Do Val, minha amiga de caminhadas, e leitora atenta das minhas crônicas diárias.

Crônica diária

Um cronista sujo

Tudo na vida de um cronista é motivo para cronicas. Desde os assuntos mais relevantes como uma campanha presidencial, até o defeito no diafragma do aquecedor a gás. Aqui na Piacaba ( Imbituba, SC) onde moro o inverno chegou tarde e com rigor. Tem feito 8, 9 e 10 graus de madrugada. E é nessas horas que o aquecedor pifa. Quando mais se precisa dele. Imbituba, cidade pequena tinha dois técnicos em aquecedores. Um brigou comigo, não sei até hoje por que, o outro morreu. O filho herdou a oficina mas mudou-se para Tubarão. Fiquei praticamente na mão. Assim mesmo com alguns dias de demora, e eu sem banho, o Adilson veio consertar o aquecedor. Era o diafragma que havíamos trocado há dois anos e voltou a estragar.  Acontece que as lojas que vendem essas coisas aqui na vizinhança não tem mais esse modelo de diafragma. Querem me vender um aquecedor novo. Ficaram loucos. O meu tem mais de cinco anos de uso mas esta em ótimo estado. Com um diafragma novo dura no mínimo mais dois anos. Mas aí é domingo, e eu sem banho, e só na segunda feira consigo falar com as autorizadas. Não tem no estoque, mas podem encomendar para a fabrica. Mas quatro ou cinco dias sem banho. Aqui tudo é longe. Oitenta quilômetros para Florianópolis, mais trinta e cinco para Tubarão, contando ida e volta são mais de duzentos e vinte quilômetros de estrada. Tudo por conta de uma pequena peça de um aquecedor. E uma semana sem banho. Eu não mereço.

Comentários que valem um post

Eduardo Penteado Lunardelli Lamberto Wis, perfeita suas considerações. Marina como senadora era útil, principalmente rompida com o PT, mas será ir longe demais chegar à Presidência. Ela é muito radical, e não terá condições de criar uma base sólida no congresso. Pode criar o caos, com seu governo, e tendo o PT e PSDB como adversários políticos ter seu mandato caçado repetindo a história do Collor às avessas.
*****************************************************************

18.8.14

Cassio Penteado

Caricatura do leitor e primo Cássio Penteado. Essa e outras 633 caricaturas podem ser conferidas no meu blog VÍTIMA DA QUINTA

Crônica diária

 A eleição sem Eduardo Campos

Ainda é muito cedo para qualquer previsão mais abalizada. Há pesquisas por telefone, há muitas manifestações nas redes sociais, mas nada ainda pode ser considerado uma realidade eleitoral. O quadro das próximas eleições esta definitivamente diferente do que existia no início da semana passada, e certamente dentro de mais uma semana, já com as campanhas na TV, teremos oportunidade de ir definindo (temporariamente) o resultado do primeiro turno. Isso já é bastante se pensarmos que até a semana passada não se tinha certeza se haveria segundo turno. Agora sabemos. Pode ser que a Dilma vença no segundo turno, mas já não será tão fácil quanto o PT supunha. O grande e novo problema é se a disputa ficar entre Dilma e Marina. Aí estamos fritos. E nós que apoiamos o Aécio teremos dificuldade de votar na Marina, imagine na Dilma! A perda do jovem e promissor candidato Eduardo Campos nos levará para um impasse complicado. Mas agora ninguém pode dizer que as eleições não vão ser animadas. Com o início da campanha na TV iremos tomar a temperatura dos candidatos e os IBOPE´s da vida vão mostrar como o povo brasileiro se comportará nessa complicada eleição. Voltaremos muitas vezes ao tema. Por ora resta rezar, rezar e aguardar um milagre. Como não acredito neles, me resta pouco.

Comentários que valem um post



Gustavo Alvarez disse...Oi Edu,
Essa moça, a atriz Dandara de Morais, que protagoniza o filme Ventos de Agosto, trabalhou na Rede Globo na série Malhação. Em um dos nossos bate-papos informais, como aquele que fizemos Du, ela me contou que, na época, havia uma comunidade no (quase)extinto Orkut onde outras moças com perfis falsos postavam as mais abjetas e preconceituosas atrocidades a respeito dela.
Bem, resultado. No meio da temporada ela foi dispensada, atropelada grávida por uma ambulância. (tratavam o tema da gravidez na adolescência)
Ela nem se importou. Seguiu firme como moça de caráter, consciente de qua havia feito tudo que estava ao seu alcance. Demonstrando a firme personalidade do nosso povo nordestino.
Agora, alguns anos depois, ela aparece em Locarno, Suíça, em um festival de cinema que é o quarto maior da Europa, estrelando um filme que representou nosso país aos olhos do mundo.
Grande exemplo a ser seguido, a jovem Dandara.

Nota: O filme brasileiro ganhou Mensão Honrosa no Festival de Locarno
***************************************************************************



 Cassio Penteado Muito bom
Vc faz otimas caricaturas !!!

 ***************************************************************************

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )