18.12.14

Crônica diária



A fabula da dúvida

Foi lendo o ultimo livro do Haruki Murakami, "O incolor Tsukuru Tazaki e seus anos de peregrinação" que me deparei com este sonho do personagem da ficção: Uma mulher lhe ofereceu o corpo ou a alma. Ela tinha esse poder, e advertiu que ele não poderia possuir os dois. Tinha que escolher, ou o corpo ou a alma. E depois da escolha ela daria a outra parte para alguém. Taí um bom dilema. Dependendo da necessidade e interesse a escolha é menos complicada, mas é sempre difícil. Ficar com o corpo num primeiro momento é muito interessante. Mas com o passar do tempo o que fazer com um corpo sem alma? E optar pela alma sem corpo, de que serviria? O personagem Tsukuru Tazaki optou por rejeitar a mulher dividida. Não suportaria saber que uma das partes estava em poder de outrem. Eu teria optado pelo corpo, usufruído, e devolvido por falta de alma. Agora ficar com uma alma sem corpo, nem pensar.

Um comentário:

Jorge Pinheiro disse...

Um dilema que acaba por não ser. O problema é quando a mulher dividida escolhe o homem errado.

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )