13.11.14

Indigência cultural

Tenho especial predileção por títulos. Eles são os grandes chamarizes para um texto. Um bom título, muitas vezes, vende um mau texto. Um título infeliz pode inviabilizar a leitura do bom. O título é a isca do anzol. Resta ao pescador ser bom escritor. Tenho pouca, ou nenhuma paciência com indigentes culturais. O que vem a ser isso? Pessoas toscas, primárias, ou culturalmente vulgares. Não é preciso que sejam sumidades. Ninguém pode exigir excelências em todos os indivíduos, mas um mínimo de cultura é fundamental. Os extremos são igualmente tediosos. Pessoas extremamente cultas tendem a serem pedantes, chatas, soberbas. Mas a indigência cultural é insuportável. Como se pode desenvolver uma conversa agradável com seres que só falam de futebol, mulheres e dinheiro? Ou no caso de mulheres que só pensam em cabeleireiro, manicure, compras, roupas e dinheiro? Em geral, por mera coincidência, o milionário cultural, tem pouco dinheiro, e não dá a menor importância para ele.

Um comentário:

Li Ferreira Nhan disse...

Títulos, nomes são sempre tão difícil.
Mas difícil mesmo é conversa sobre futebol... Pior só papo de bêbado. E bêbadas!

AS POSTAGENS ANTERIORES ESTÃO NO ARQUIVO AÍ NO LADINHO >>>>>

.

Only select images that you have confirmed that you have the license to use.

Falaram do Varal:

"...o Varal de Ideias é uma referência de como um blog deve ser ." Agnnes

(Caminhos e Atalhos, no mundo dos blogs)

..."parabéns pelo teu exemplo de como realmente se faz um blog...ou melhor tantos e sempre outstandings...".
(Vi Leardi )

Leiam também:

Leiam também:
Click na imagem para conhecer

varal no twitter

Não vá perder sua hora....

Blog não é tudo, tudo é a falta do blog ....
( Peri S.C. adaptando uma frase do Millôr )
" BLOG É A MAIOR DAS VERTIGENS DA SUBJETIVIDADE " - Maria Elisa Guimarães, MEG ( Sub-rosa )